Arquivo para Temperaturas

Frozen yogurt

Posted in Receitas with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 25/01/2014 by Joe

Frozen Yogurt

O verão está aí e os dias estão infernais! As temperaturas estão acima do normal e os dias e noites estão muito abafados.

E, como sempre, a pedida para enfrentar o calor é o velho e bom sorvete. Desde sua chegado ao mercado brasileiro, o frozen yogurt tem sido uma ótima sobremesa para combater as altas temperaturas. Uma delícia gelada que pode ser preparada em casa, com frutas de todos os tipos, com ou sem calda.

Dizem que o frozen yogurt surgiu no Canadá, mas, industrialmente, teria se expandido nos Estados Unidos, mais precisamente em Boston, a partir do ano de 1972. Em pouco tempo já estava nas principais cidades de todo o país. Hoje em dia, acredita-se que 20% de todos os sorvetes consumidos nos Estados Unidos são frozen yogurt.

E uma curiosidade: por lá é possível encontrar até frozen yogurt para cães. É um frozen yogurt orgânico com banana, amendoins e água.

A receita de hoje é muito saborosa e refrescante e pode ser apreciada com uma variedade enorme de frutas, e até com caldas! Eu, particularmente, prefiro com pêssegos em calda ou morangos.

Frozen yogurt

Ingredientes

300 g de iogurte natural
3 colheres (sopa) de creme de leite em lata
3 colheres (sopa) de leite em pó
170 g de açúcar
250 ml de suco de limão

Modo de preparo

Em um recipiente, coloque o iogurte, o creme de leite sem o soro, o leite em pó e o açúcar e mexa bem até obter uma mistura homogênea.

Em seguida, adicione o suco de limão. Leve para a batedeira e bata a mistura durante 10 minutos. Cubra com um filme-plástico e leve ao freezer por umas 6 horas.

Tire do freezer, deixe amolecer um pouco, e bata novamente até obter a consistência de um creme. Cubra novamente e leve ao freezer até ficar firme.

Sirva acompanhado de frutas frescas ou pêssegos em calda.

By Joemir Rosa.

Gelatina de cerejas com maria-mole

Posted in Receitas with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 18/01/2014 by Joe

Gelatina de cerejas e maria-mole

Por diversas vezes eu postei receitas de mousses e outras sobremesas onde coloquei informações sobre o quão importante e saudável é o consumo da gelatina! Ela deveria estar presente na nossa dieta praticamente todos os dias.

Então, acredito não ser preciso repetir aqui tudo que já foi postado anteriormente. Quem não leu, pode procurar pelo Busca aqui do lado e ver todas as vantagens do consumo desse alimento.

Aproveitando que o verão está em alta em todo o país, com temperaturas absurdas, recomenda-se a ingestão de bastante líquidos, o consumo de frutas, legumes e verduras e alimentos com pouca gordura e açúcar.

Desta forma, a gelatina pode ser uma ótima opção para quem quer manter o corpo em forma e ter uma alimentação leve e saudável.

Aproveitando que a época é de cerejas ainda., trazemos a receita de uma sobremesa deliciosa, fácil e rapidíssima de preparar. Com gelatina, claro!

Gelatina de cerejas com maria-mole

Ingredientes

Gelatina

2 embalagens de gelatina sabor cereja

Pudim

1 caixa de pó para maria mole
1 xícara (chá) de água quente
4 colheres (sopa) de água
1 lata de leite condensado
1 lata de creme de leite
50 gramas de cerejas picadas
50 gramas de coco ralado fino

Modo de preparo

Dissolva a gelatina conforme as instruções da embalagem. Coloque em taças individuais e leve-as à geladeira até começar a endurecer. A consistência é semelhante à de clara de ovo.

Bata, no liquidificador, o pó para maria-mole com a água quente, por aproximadamente 5 minutos, até espumar. Adicione o leite condensado, o creme de leite e misture bem. Finalmente, acrescente as cerejas picadas, misture e despeje sobre a gelatina. Polvilhe o coco ralado e enfeite com uma cereja. Leve para gelar por 6 horas.

Retire da geladeira apenas na hora de servir.

Você pode substituir as cerejas por outras frutas e até por pêssegos em calda.

By Joemir Rosa.

Noite feliz…

Posted in Reflexão with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 24/12/2013 by Joe

Noite Feliz

Chega o Natal e parece que todos nós ficamos mais sensíveis, a emoção toma conta dos nossos corações, enfim, parece que somos tomados pelo espírito natalino e nos voltamos para nossos próprios interiores.

A noite de Natal se torna o momento mais especial de todos os 365 dias do ano. Famílias reunidas, muita alegria, mesa farta (ou, pelo menos, com um algo a mais que, normalmente, não temos durante os meses anteriores), presentes, crianças com olhos brilhantes esperando a chegada de Papai Noel carregado de brinquedos!

Muitas famílias ainda guardam o momento da prece de Natal, aquele instante em que todos silenciam e voltam seus corações para Jesus, momento em que muitos pedem a Deus que atenda suas necessidades, seus desejos, seus sonhos… e outros pedem paz e fraternidade entre os homens de boa vontade na Terra!

O que existe de comum em todos os corações, nessa noite, é a esperança de dias melhores, de uma vida mais fácil e mais plena de amor e alegrias!

Noite feliz…

Mas será que essa noite é feliz para todos os habitantes deste planeta tão judiado, tão explorado e tão conturbado?

Será que a noite é feliz para aqueles povos que vivem o terror de dezenas de guerras civis que assolam a o Oriente Médio e a África?

Destruição pelas chuvasSerá que a noite é feliz para quem vive, neste instante, as implacáveis intempéries do clima aqui mesmo no Brasil, arrasando com suas casas, seus pertences e seus sonhos? E ainda, aqueles que estão vivendo, no hemisfério norte, temperaturas abaixo de zero que castigam tantas nações e que nem sempre têm calefação em seus lares?

Será que a noite é feliz para tantos velhinhos abandonados pelos próprios filhos em asilos nem sempre em condições dignas de vida para um ser humano?

Criança de ruaE o que dizer de tantas crianças que, no momento em que estamos comemorando, comendo e bebendo, estão se escondendo em marquises de prédios, debaixo de pontes e viadutos, sem o calor humano de um abraço, sem o carinho de pais e irmãos, sem nem mesmo um pedaço de pão como alimento – e nem pensar num brinquedo, mesmo que velho e quebrado…

Enfim, se começarmos a enumerar todos aqueles que, neste momento, estão precisando de um abraço, um carinho, um lar, um pouco de amor, este post ficaria muito longo…

Prece de agradecimentoNão quero, com esta reflexão, tirar a alegria e nem estragar o momento desta noite de cada um. Quero apenas pedir que, na prece silenciosa no coração de cada um de nós, lembremos de agradecer por tudo que temos, pela família em que nascemos (mesmo que ela não seja “aquela” família que todos desejariam), pelo nosso lar, nossos filhos, parentes e amigos…

Não esquecermos de agradecer pelo emprego que temos, quando tantos procuram um “bico” para tentar ganhar um pouco pro seu sustento; pelo alimento, farto ou justo, que enfeita nossas mesas nesta noite; por estarmos entre aqueles que amamos e nos amam…

E, nessa prece de mais agradecimentos do que pedidos, não deixarmos de incluir a intenção de alguma ação futura que possa ajudar tanta gente que precisa de uma mão amiga, de uma palavra de consolo, de um abraço sincero e de um pouco de amor incondicional…

Acho que cada um sabe o que fazer e como fazer, né? Afinal, bem pertinho da gente, tem muita gente precisando de tudo isso. Basta querer, basta deixar que toda essa emoção desta noite feliz preencha nossos corações pelos outros 364 dias do ano!

Desejo, então, a todos os meus amigos, leitores e eventuais visitantes deste blog, um Natal pleno de paz, fraternidade, esperança, respeito, saúde e muito amor incondicional!

“Jesus … que eu seja capaz de estender este estado de espírito agradecido, fraterno e amoroso por todos os demais dias da minha vida!”

By Joemir Rosa.

Bolo de sorvete com brigadeiro

Posted in Receitas with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 24/08/2013 by Joe

Bolo de sorvete com brigadeiro

O inverno está quase no fim e em breve voltaremos aos dias mais quentes e secos.

Aliados a isso, os sorvetes são uma ótima opção para as altas temperaturas que enfrentaremos pelos próximos meses, até que o inverno dê o ar de sua graça de novo!

Sorvete é um alimento super saudável, além de ser muito delicioso! E, na minha opinião, é pra ser saboreado o ano inteiro, independente da estação e da temperatura.

Quem quiser saber a origem e a história desse alimento, clique aqui e leia tudo em um post que publiquei há algum tempo.

A receita de hoje vem aliar duas preferências nacionais: o sorvete e o brigadeiro!

Espero que gostem e deixem seus comentários!

Bolo de sorvete com brigadeiro

Ingredientes

1 lata de leite condensado
1 colher (sopa) de margarina
4 colheres (sopa) de chocolate em pó
1 xícara (chá) de leite
1 lata de creme de leite sem soro
1 e 1/2 litro de sorvete de creme
1 caixa de chocolates Bis picados

Modo de preparo

Em uma panela, misture o leite condensado, a margarina, o chocolate em pó e o leite. Leve ao fogo brando, mexendo sempre até dar ponto de brigadeiro mole. Desligue o fogo e misture o creme de leite.

Em uma forma com furo central, com 22 cm de diâmetro, coloque metade do sorvete e pressione. Leve ao freezer por 10 minutos.

Depois desse tempo, despeje o brigadeiro ainda quente e, por cima, coloque o restante do sorvete, pressionando mais uma vez. Leve ao freezer por 6 horas ou até o sorvete firmar novamente. Desenforme e cubra com o Bis picado.

Você pode usar o sorvete de sua preferência. O meu é o de coco. E o seu?

By Joemir Rosa.

Sopa genovese

Posted in Receitas with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 08/06/2013 by Joe

Sopa Genovesa

O inverno está logo aí, batendo às nossas portas, as temperaturas baixas dando sinais de que esta será uma estação bem fria este ano!

Anteriormente no blog eu falei sobre a origem da sopa e deixei receitas (Minestrone, Sopa de Cebolas Gratinada, Caldo Verde, Caldinho de Feijão) que, além de aquecer nossos corpos, são bem nutritivos e saborosas.

Quem gosta de sopas substanciosas, com legumes, verduras, carne, feijão e outros ingredientes, vai curtir a receita deste sábado. Embora não tenha carne em sua composição (o que não impede a sua adição), garanto que aquece bem e alimenta muito!

Assim como o Minestrone, a Sopa Genovese é de origem Italiana e permite muitas variações em seu preparo, tendo em vista os legumes e verduras de época e da região.

Sem contar que é um prato que pode fazer parte de uma dieta light, praticamente vegana.

Espero que gostem e sintam aquela sensação de bem-estar e prazer que uma sopa quente nos dá numa noite gelada!

Sopa genovese

Ingredientes

1,8 litros de caldo de legumes caseiro
1 cebola grande picada
3 talos de salsão picados
2 cenouras picadas
2 batatas grandes, sem casca, picadas
200 g de vagem-macarrão, cortada na diagonal
2 xícaras de feijão-branco cozido (ou feijão rosinha) e escorrido
4 folhas de acelga japonesa cortadas em fatias
sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto
folhas de manjericão para decorar

Modo de preparo

Em uma panela grande, leve ao fogo médio o caldo, a cebola, o salsão e a cenoura, e cozinhe por dez minutos. Adicione a batata e a vagem e cozinhe por mais dez minutos ou até que os vegetais fiquem macios.

Acrescente o feijão cozido e as folhas de acelga e deixe ferver. Tempere com sal e pimenta e decore com manjericão. Se desejar, sirva com pedaços de pão e queijo parmesão ralado.

Um bom vinho tinto (sugiro um Chianti) é um ótimo acompanhamento!

By Joemir Rosa.

Dia Mundial da Água

Posted in Meio ambiente with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 22/03/2013 by Joe

Água

Dia 22 de Março comemora-se o Dia Mundial da Água, data instituída pela ONU em 1992, quando discute-se os diversos temas relacionadas a este importante bem natural.

Mas porque a ONU se preocupou com a água se sabemos que dois terços do planeta Terra é formado por este precioso líquido? A razão é que pouca quantidade, cerca de 0,008% do total da água do nosso planeta é potável (própria para o consumo).

E como sabemos, grande parte das fontes desta água (rios, lagos e represas) está sendo contaminada, poluída e degradada pela ação predatória do homem. Esta situação é preocupante, pois poderá faltar, num futuro próximo, água para o consumo de grande parte da população mundial. Pensando nisso é que foi instituído o Dia Mundial da Água, cujo objetivo principal é criar um momento de reflexão, análise, conscientização e elaboração de medidas práticas para resolver tal problema.

Mas precisamos estar atentos não apenas ao tema da água no planeta. Outros problemas ecológicos já estão sendo sentidos em várias partes do mundo, muitos deles causados pela própria ação do homem.

Segundo estudos, temos menos de dez anos para conseguir frear a catástrofe ambiental e climática da qual já estamos vendo alguns efeitos no nosso dia a dia: chuvas torrenciais onde, antes, só havia secas; alagamentos fluviais muito acima dos níveis; temperaturas elevadíssimas ou muito baixas em nossas cidades; degelos absurdos nos polos do planeta, e muitos outros que ainda não percebemos a olho nu.

Cada um de nós pode contribuir com a sua parcela, mesmo que seja em pequenas ações. É o nosso planeta, nossa casa, nossa vida, a vida de nossos filhos e nossos netos que estão em jogo. Podemos fazer muita coisa, começando dentro de nossas próprias casas.

A responsabilidade não é apenas dos governos ou dos empresários, mas também uma postura de cada um de nós, habitantes do planeta, se ainda quisermos salvar nossas vidas e das futuras gerações.

Segundo o último Diagnóstico dos Serviços de Água e Esgotos da SNIS (Sistema Nacional de Informação sobre Saneamento), o brasileiro continua consumindo água como se ela fosse durar para sempre!

Segundo esse relatório, o consumo per capita no Brasil é de 159 litros (em média) por dia, ou seja, 49 litros a mais do que o recomendado pela ONU que afirma que 110 litros diários são suficientes para atender às necessidades de cada habitante!

Rio de Janeiro (263,3 litros por dia), Espírito Santo (193,3 litros) e São Paulo (184,3) são os estados vilões do consumo de água!

É preciso mais consciência na hora de abrir a torneira ou o chuveiro!

Somente informação e ação poderão fazer a diferença. Aqui, deixo algumas dicas que podemos colocar em prática na nossa rotina diária:

Economize água:

– Consuma menos água descobrindo novas formas de economizar.
– Feche torneiras enquanto estiver fazendo a barba ou escovando os dentes.
– Prefira o chuveiro ao invés da banheira: economiza-se 7.000 litros por ano por pessoa.
– Pelo menos no verão, entre no chuveiro, molhe seu corpo, feche a torneira, ensaboe-se e, depois, reabra a torneira para enxaguar-se.
– Aproveite que está no chuveiro para aderir à campanha “Xixi no Banho”. Segundo a ONG SOS Mata Atlântica, se uma pessoa fizer xixi na hora do banho uma vez ao dia, economizará 4.300 litros de água ao longo de um ano. Imagine isso multiplicado por milhões de cidadãos nos países.
Uma maneira simples e possível de ajudar o planeta.
– Procure localizar e reparar imediatamente os vazamentos, principalmente de torneiras, descargas de banheiros e canos: 10 gotas de água por minuto desperdiçam 2 mil litros de água por ano.
– Não lave alimentos ou louças com a torneira aberta; utilize uma bacia. Ao terminar, use essa água para limpar a bacia do banheiro.
– Utilize máquina de lavar louças ou roupas na sua capacidade máxima.
– Reutilize totalmente ou parte da água da máquina de lavar como descarga do banheiro, limpar pisos e calçadas.
– Não lave o carro, o jardim e a calçada com a mangueira aberta; use água não-potável, de preferência, utilizando baldes.
– O melhor horário para regar plantas é no final da tarde quando há menos evaporação.
– Água do cozimento de legumes ou outros alimentos podem ser utilizadas no preparo de arroz, por exemplo, e também para regar plantas.
– Por falar em plantas, prefira as nativas, que requerem menos cuidados e menos água.

Cuidados com seu lixo:

– Óleo usado em frituras não pode ser despejado na pia ou vaso sanitário pois dificulta o tratamento da água depois. Existem empresas que recolhem, em domicílio, esse tipo de lixo.
– Jamais jogue cotonetes, papéis, compressas, absorventes, preservativos ou pontas de cigarro na bacia do banheiro; utilize a cesta de lixo.
– Não jogue nenhum tipo de lixo em riachos, no mar, rios e lagos.
– Selecione e separe o lixo que produzir: papéis, plásticos, metais e vidros deverão ser separados do lixo orgânico (restos de carne, frutas, verduras e outros alimentos). – Consulte a Prefeitura ou o seu Condomínio sobre a possibilidade de um sistema seletivo do lixo.

Cuide do meio ambiente:

– Use com moderação xampu, sabão em pedra, em pó e detergentes porque contaminam as águas dos rios e o meio ambiente. Opte por produtos ecológicos e que tragam indicação de serem, comprovadamente, bio-degradáveis. Cuidado com produtos alternativos, sem marcas, composição química e fabricante. Além de contaminar o meio ambiente, podem ser nocivos à saúde.
– Se você mora em casa e tem espaço no quintal ou no jardim, plante ao menos uma árvore. Se possível, mais de uma.

Lei dos 3 R´s: reduzir, reciclar e reutilizar:

– Mais da metade da produção industrial é reciclável. Portanto, separe o lixo doméstico para que possa ser reciclado. Muita gente, hoje em dia, vive da coleta e reciclagem desse lixo.
– Tenha sempre com você, no trabalho, uma caneca de porcelana ou barro para não ter que usar copos descartáveis. Esta atitude é um ótimo exemplo para fazer as pessoas à sua volta pensarem.
– Reutilizar e recuperar caixas de papelão e embalagens de papel contribui para que se diminua o corte de árvores, responsáveis pela captação do gás carbônico e da purificação do ar (fotossíntese). A reutilização de 100 kg de papel salva a vida de, pelo menos, 7 árvores.
– Use sempre vasilhas retornáveis. Alguns refrigerantes já estão disponíveis em embalagens retornáveis nos supermercados.
– Prefira produtos em vasilhames de vidro ao invés de plástico, tetrapack e alumínio.
– Não esbanje lenços de papel, guardanapos, papel higiênico e papel-toalha.
– Existem cooperativas e empresas que recolhem materiais recicláveis: jornais, livros velhos, garrafas, metais, embalagens plásticas, etc.
– Reduza o consumo de papel. Sempre que possível, imprima os textos com menos margens e ou em colunas.
– Faça somente fotocópias imprescindíveis.
– Use os dois lados das folhas de papel ao escrever, imprimir e fazer fotocópias.
– Use, habitualmente, papel reciclado.
– De preferência à planilhas no computador ao invés de agendas de papel.
– Fomente o uso de produtos feitos a partir de material reciclado.

Efeito estufa:

– As principais origens dos gases estufa, são: o dióxido de carbono (CO2) da queima de combustíveis fósseis e da biomassa. O metano (CH4) oriundo de arrozais, da flatulência do gado bovino, de aterros de lixos urbanos e também da queima de biomassa.
– Diminua o consumo de carnes vermelhas. A criação bovina contribui para o aquecimento global, pela devastação de árvores e ecossistemas. A flatulência do gado é um problema ecológico também.
– Produzir 1 kilo de carne consome mais água do que 365 duchas.
– Não consuma enlatados (o atum, por exemplo, está em via de extinção), porque esse tipo de produção consome muitos recursos e energia.
– Evite alimentos transgênicos (OMG = organismo manipulado geneticamente), pois sua produção, além de concentrar renda, contamina os ecossistemas, deteriorando o meio ambiente.
– Consuma mais frutas, verduras e legumes do que carnes.
– Nunca compre pescados pequenos para consumir.
– Se possível, consuma alimentos orgânicos, sem pesticidas ou inseticidas (agrotóxicos).
– Diminua o uso de veículo particular; faça-o de forma inteligente, procurando não viajar só: organize traslados em grupos ou em transporte coletivo.
– Calibre satisfatoriamente os pneus: ajuda a economizar gasolina fazendo com que o motor não queime combustível desnecessariamente.
– Revise a emissão de gases do seu veículo.
– Não acelere quando o veículo não estiver em movimento.
– O ar-condicionado reduz a potência e eleva o consumo de gasolina.
– Diminua a velocidade, não ultrapassando os 100 km/h, pois acima dessa velocidade há um aumento considerável no consumo de combustível.
– Nunca sobrecarregue o veículo e não carregue peso desnecessário: mais peso, maior consumo de combustível. Não deixe objetos não utilizados habitualmente no porta-malas.
– Sempre que possível, prefira a bicicleta.

Economize energia:

– Comece hoje mesmo a diminuir seu consumo diário.
– Água quente somente se necessário e só o necessário;
– Banho com água fria ou morna (principalmente no verão) é mais saudável.
– Não utilize o ferro de passar para pouca roupa. Deixe juntar uma quantidade maior para passar tudo de uma só vez. O mesmo conselho vale para a lavagem de roupas na máquina.
– Aquecedores, ferros de passar e máquinas de lavar gastam muita energia, esgotando os recursos naturais.
– Petróleo, carvão e gás utilizados para gerar energia são combustíveis geradores de gases, como o dióxido de carbono (CO2) que contribuem para o aumento da temperatura global.
– Melhor cozinhar com gás do que com energia elétrica.
– Desligue a TV, rádio, luzes e o monitor do computador quando não estiver usando.
– Apague sempre as luzes de áreas pouco utilizadas, inclusive no local de trabalho.
– Utilize lâmpadas de baixo consumo de energia.
– Evite comprar ou usar produtos de amianto pois, além de contaminar o meio ambiente, são nocivos à saúde.

Dê exemplos:

– Inove, dê o primeiro passo. Seu exemplo educa automaticamente as pessoas à sua volta. Os bons e os maus exemplos. Eduque-se. Informe-se. E tenha argumentos diversos para fundamentar suas ações e esclarecer dúvidas de pessoas diversas com relação à natureza, sempre que solicitado.
– Cobre dos comerciantes e empresas de quem você é cliente que tenham atitudes responsáveis com relação ao consumo em geral e, em particular, de energia, água e também com relação ao transporte, lixo, etc.
– Mobilize-se, juntamente com outros cidadãos, para que todos cumpram as leis ambientais e para que a legislação seja condizente com a gravidade do problema.

Seja um cidadão consciente. Não fique apenas na teoria. Mude e, principalmente, pratique!

By Joemir Rosa.

Sorvete de brigadeiro

Posted in Receitas with tags , , , , , , , , , , on 20/10/2012 by Joe

A primavera chegou e logo os dias estarão quase todos iguais: quentes e abafados. E nada melhor para suavizar as altas temperaturas do que um delicioso sorvete, bem gelado e do sabor de nossa preferência!

Já abordei, anteriormente, a história dessa delícia gelada (veja aqui) e postei algumas receitas diferentes ao longo destes quase três anos de existência do Demodelando (use o BUSCA do blog para encontrá-las).

Hoje eu vou apresentar mais uma receita, desta vez juntando duas preferências nacionais da gastronomia: sorvete e brigadeiro de chocolate!

Como sempre, procuro abordar receitas bem fáceis de preparar, cujo sabor seja do agrado da maioria das pessoas, embora nem sempre conseguimos agradar a todos!

Espero que apreciem e se lambuzem com a receita de hoje!

Sorvete de brigadeiro

Ingredientes

500 ml de creme de leite fresco bem gelado
2 latas de leite condensado
1 colher (sopa) de manteiga
1 xícara de chocolate em pó
+ 5 colheres de sopa de chocolate em pó
1 pitada de sal
2 colheres de sopa (30 ml) de conhaque (opcional)
chocolate granulado para decorar

Modo de preparo

Em uma panela, coloque o leite condensado, a manteiga e 1 xícara de chocolate em pó. Em fogo baixo, vá mexendo até o ponto de brigadeiro mole. Desligue o fogo, mexa mais um pouco e deixe esfriar. Reserve.

Na batedeira, em velocidade média, bata o creme de leite gelado até aumentar o volume e ficar com picos moles. Neste ponto, não demore para dar sequência à receita, pois o creme pode virar manteiga. Vá acrescentando, aos poucos, ¾ do brigadeiro já frio, batendo em velocidade baixa.

Junte as 5 colheres de sopa de chocolate em pó, o conhaque e a pitada de sal e continue batendo até que tudo esteja incorporado e cremoso.

Transfira pouco a pouco a mistura para o recipiente que for usar para servir: coloque uma camada do creme batido e, com o auxílio de uma colher de chá, distribua “pingos” do brigadeiro reservado. Coloque outra camada do creme e mais um pouco do brigadeiro; mais uma camada do creme, uma terceira de colheradinhas de brigadeiro e finalize com o creme.

Cubra com plástico filme e mantenha no congelador por pelo menos 6 horas. Na hora de servir polvilhe o chocolate granulado por cima.

By Joemir Rosa.

%d blogueiros gostam disto: