Arquivo para Sonhar

Nunca desista de seus sonhos

Posted in Livros with tags , , , , , , , , , , , , , , on 24/10/2010 by Joe

Livro: Nunca desista de seus sonhos
By Augusto Cury
Editora Sextante

Com mais de um milhão de livros vendidos sobre temas como crescimento pessoal, inteligência e qualidade de vida, o psiquiatra Augusto Cury debruça-se neste livro sobre nossa capacidade de sonhar e o quanto ela é fundamental na realização de nossos projetos de vida.

Os sonhos são como uma bússola, indicando os caminhos que seguiremos e as metas que queremos alcançar. São eles que nos impulsionam, nos fortalecem e nos permitem crescer. Se os sonhos são pequenos, nossas possibilidades de sucesso também serão limitadas. Desistir dos sonhos é abrir mão da felicidade porque quem não persegue seus objetivos está condenado a fracassar 100 % das vezes.

Analisando a trajetória vitoriosa de grandes sonhadores, como Jesus Cristo, Abraham Lincoln e Martin Luther King, Cury nos faz repensar nossa vida e nos inspira a não deixar nossos sonhos morrerem.

Trecho do livro:

A criança e o sábio

Um dia uma criança chegou diante de um pensador e perguntou-lhe: “Que tamanho tem o universo?” Acariciando a cabeça da criança, ele olhou para o infinito e respondeu: “O universo tem o tamanho do seu mundo.”

Perturbada, ela novamente indagou: “Que tamanho tem o meu mundo?” O pensador respondeu: “Tem o tamanho dos seus sonhos.”

Se os seus sonhos são pequenos, sua visão será pequena, suas metas serão limitadas, seus alvos serão diminutos, sua estrada será estreita, sua capacidade de suportar as tormentas será frágil.

Shakespeare disse que “quando se avistam nuvens, os sábios vestem seus mantos”. Sim! A vida tem inevitáveis tempestades. Quando elas sobrevêm, os sábios preparam seus mantos invisíveis: protegem sua emoção usando sua inteligência como paredes e os seus sonhos como teto.

Os sonhos regam a existência com sentido. Se seus sonhos são frágeis, sua comida não terá sabor, suas primaveras não terão flores, suas manhãs não terão orvalho, sua emoção não terá romances.

A presença dos sonhos transforma os miseráveis em reis, e a ausência dos sonhos transforma milionários em mendigos. A presença de sonhos faz de idosos, jovens, e a ausência de sonhos faz dos jovens, idosos.

By Joe.

Recomeçar

Posted in Inspiração with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 01/07/2010 by Joe

Não importa onde você parou … em que momento da vida você cansou … o que importa é que sempre é possível e necessário “recomeçar”.

Recomeçar é dar uma nova chance a si mesmo … é renovar as esperanças na vida e o mais importante … acreditar em você de novo.

Sofreu muito nesse período? Foi aprendizado …
Chorou muito? Foi limpeza da alma …
Ficou com raiva das pessoas? Foi para perdoá-las um dia …
Sentiu-se só por diversas vezes? É porque fechaste a porta até para os anjos …
Acreditou que tudo estava perdido? Era o início da tua melhora …

Pois é … agora é hora de reiniciar … de pensar na luz … de encontrar prazer nas coisas simples de novo.

Que tal um corte de cabelo arrojado, diferente? Um novo curso … ou aquele velho desejo de aprender a pintar … desenhar … dominar o computador … ou qualquer outra coisa!

Olha quanto desafio … quanta coisa nova nesse mundão de meu Deus te esperando.

Tá se sentindo sozinho? Besteira … tem tanta gente que você afastou com o seu “período de isolamento” … tem tanta gente esperando apenas um sorriso teu para “chegar” perto de você.

Quando nos trancamos na tristeza … nem nós mesmos nos suportamos … ficamos horríveis … o mal humor vai comendo nosso fígado … até a boca fica amarga …

Recomeçar … hoje é um bom dia para começar novos desafios.

Onde você quer chegar? Ir alto? Sonhe alto … queira o melhor do melhor … queira coisas boas para a vida … pensando assim trazemos prá nós aquilo que desejamos … se pensamos pequeno … coisas pequenas teremos … já se desejarmos fortemente o melhor e, principalmente, lutarmos pelo melhor … o melhor vai se instalar na nossa vida.

E é hoje o dia da faxina mental … joga fora tudo que te prende ao passado … ao mundinho de coisas tristes … fotos … peças de roupa … papel de bala … ingressos de cinema … bilhetes de viagens … e toda aquela tranqueira que guardamos quando nos julgamos apaixonados…

Jogue tudo fora … mas principalmente … esvazie seu coração … fique pronto para a vida … para um novo amor …

Lembre-se: somos apaixonáveis … somos sempre capazes de amar muitas e muitas vezes … afinal de contas …

Nós somos o “Amor”…

”Porque sou do tamanho daquilo que vejo, e não do tamanho da minha altura.”

By Carlos Drummond de Andrade.

%d blogueiros gostam disto: