Arquivo para Solidários

Mãe desnecessária

Posted in Reflexão with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 07/02/2013 by Joe

Barco navegando

A boa mãe é aquela que vai se tornando desnecessária com o passar do tempo.

Várias vezes, ouvi de um amigo psicanalista essa frase e ela sempre me soou estranha. Até agora. Agora que minha filha adolescente, quase aos 18 anos, começa a dar voos solo. Chegou a hora de reprimir de vez o instinto materno de querer colocar a cria embaixo da asa, protegida de todos erros, tristezas e perigos. Uma batalha interna hercúlea, confesso.

Quando começo a esmorecer na luta para controlar a supermãe que todas temos dentro de nós, lembro logo da frase, hoje absolutamente clara. Se eu fiz o meu trabalho direito, tenho que me tornar desnecessária. Antes que alguma mãe apressada venha me acusar de desamor, preciso explicar o que significa isso.

Ser “desnecessária” é não deixar que o amor incondicional de mãe, que sempre existirá, provoque vício e dependência a ponto de eles não conseguirem ser autônomos, confiantes e independentes.

Prontos para traçar seu rumo, fazer suas escolhas, superar suas frustrações e cometer os próprios erros também. A cada fase da vida, vamos cortando e refazendo o cordão umbilical. A cada nova fase, uma nova perda e um novo ganho, para os dois lados, mãe e filho. Porque o amor é um processo de libertação permanente e esse vínculo não para de se transformar ao longo da vida.

Até o dia que os nossos filhos se tornam adultos, constituem a própria família e recomeçam o ciclo. O que eles precisam é ter certeza de que estamos lá, firmes, na concordância ou na divergência, no sucesso ou no fracasso, com o peito aberto para o aconchego, o abraço apertado, o conforto nas horas difíceis. Pai e mãe – solidários – criam filhos para serem livres.

Esse é o maior desafio e a principal missão. Ao aprendermos a ser desnecessários, nos transformamos em porto seguro para quando eles decidirem atracar.

By Marcia Neder.

Solidariedade

Posted in Solidariedade with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 16/01/2011 by Joe

Solidariedade, amigos, não se agradece, comemora-se! (Betinho)

A frase de Betinho nos ensina a mais bela forma de nos relacionarmos socialmente: sendo solidários!

Quando entendemos que solidariedade não é caridade, abrimos um caminho à unidade através da amizade. Despertamos para valores como amor, paz, liberdade, harmonia entre as diferenças e, mais que isso, compreendemos o que é respeito.

Solidariedade é a capacidade de compartilhar dos sofrimentos de outras pessoas. É o estado primordial do ser iluminado; não é vista como algo a ser construído ou conseguido, mas sim, como existente nos corações puros desde o início dos tempos.

Para compreender este estado não necessitamos de conhecimentos intelectuais ou culturais. Pensando na solidariedade, criamos esta realidade. Pensando na fraternidade universal dos seres humanos, trazemos a luz para o crescimento espiritual que trará a Unidade Divina ao nosso mundo.

By Vera Godoy.

Doações

Passados os primeiros choques com as cenas que vimos na TV, é hora de passarmos da emoção à ação!.

Vamos colaborar com as vítimas das tragédias no Rio de Janeiro, enviando comida, água, roupas, velas e fósforos (eles estão sem energia elétrica). Lembrar também, a quem possa ajudar e tem experiência, que eles necessitam de voluntários em vários trabalhos, desde a ajuda na distribuição das doações, como também médicos, fisioterapeutas, assistentes sociais, psicólogos e outros especialistas.

Quem tem veículos – de preferência caminhões, caminhonetes, vans, etc – e puderem ajudar no transporte das doações, entre em contato com a Cruz Vermelha e Defesa Civil.

Nos links abaixo as várias opções de doações para quem está no RJ e em todos os estados brasileiros. Sugiro, para quem é de fora do Rio de Janeiro, fazer as doações nos endereços da Cruz Vermelha:

Endereços de postos de coleta, Bancos para doações em dinheiro.

http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/chuvas-no-rj/noticia/2011/01/saiba-como-ajudar-os-desabrigados-da-chuva-na-regiao-serrana-do-rio.html

Cruz Vermelha

http://g1.globo.com/jornal-hoje/noticia/2011/01/cruz-vermelha-recebe-doacoes-para-vitimas-da-chuva-em-todo-o-brasil.html

Voluntários

Se você tem alguma experiência em salvamento ou resgate de pessoas em locais de difícil acesso e tem disponibilidade de tempo, entre em contato com José Francisco Matulja (22) 8818-0786 ou Daniel Zanuzzio (22) 9231-6615,  e integre o grupo de voluntários que partirá de Rio das Ostras na segunda-feira, dia 17 de janeiro, para ajudar as famílias que ainda se encontram ilhadas em Nova Friburgo e região.

Doação de Sangue

HemoRio
Rua Frei Caneca, 8
Centro – Rio de Janeiro (RJ)
Informações fones:
(21) 2332-8611
0800-2820708

E para quem não pode ajudar de jeito algum, colabore compartilhando estas informações para todos os amigos via e-mail, redes sociais (Facebook, Myspace, Orkut, Twitter, Hi5, Badoo e outros), bate-papos, etc.

By Joe.

%d blogueiros gostam disto: