Arquivo para Salões

O Pintassilgo

Posted in Livros with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 05/10/2014 by Joe

O PintassilgoLivro: O Pintassilgo
By Donna Tartt
Editora Companhia das Letras

Quando Theo Decker, nova-iorquino de treze anos, sobrevive milagrosamente a um acidente que mata sua mãe, o pai o abandona e a família de um amigo rico o adota.

Desnorteado em seu novo e estranho apartamento na Park Avenue, perseguido por colegas de escola com os quais não consegue se comunicar e, acima de tudo, atormentado pela ausência da mãe, Theo se apega a uma lembrança poderosa de seu último momento ao lado dela: uma pequena, misteriosa e cativante pintura que acabará por arrastá-lo ao submundo da arte.

Já adulto, Theo circula com desenvoltura entre os salões nobres e o empoeirado labirinto da loja de antiguidades onde trabalha. Apaixonado, e em transe, ele será lançado ao centro de uma perigosa conspiração.

“O Pintassilgo” é uma hipnotizante história de perda, obsessão e sobrevivência, um triunfo da prosa contemporânea que explora com rara sensibilidade as cruéis maquinações do destino.

Vejam o que dizem os críticos:

“Brilhante… Um romance glorioso, em que todos os talentos narrativos de Tartt convergem numa arrebatadora sinfonia; um livro que nos traz de volta o prazer de se passar a noite inteira lendo.” — Michiko Kakutani, The New York Times.

“Um livro raro, desses que podem aparecer meia dúzia de vezes numa década, um romance literário e inteligente, que fala tanto ao coração quanto à mente. Um extraordinário trabalho de ficção.” – Stephen King, The New York Times Book Review.

“O pintassilgo é um livro sobre a arte em todas as suas formas, e desde o início nos lembra por que gostamos tanto de Donna Tartt: as reviravoltas na trama e a prosa elegante; os personagens que vivem e respiram nas páginas; os cenários perfeitamente capturados. O prazer e a tristeza existem num mesmo fôlego e, ao final, O Pintassilgo conquista nosso coração.” – Vanity Fair.

“Raymond Chandler é uma presença tão grande nessas páginas quanto Dickens ou Dostoiévski. Falar mais sobre a trama seria privar os leitores do imenso prazer de ser arrebatado por O Pintassilgo. Se alguém perdeu o amor pelas histórias, este é o livro que certamente o trará de volta.” – The Guardian.

Romance vencedor do prêmio Pulitzer, com mais de 1 milhão e 500 mil exemplares vendidos só nos Estados Unidos. Mais de 40 semanas na lista de best-sellers do New York Times.

Aproveite e leia um bom trecho do livro aqui:
http://www.companhiadasletras.com.br/trechos/13556.pdf

By Joemir Rosa.

Frango na maionese

Posted in Reflexão with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , on 01/03/2014 by Joe

Frango na maionese

Neste sábado de carnaval, a ideia é viajar, curtir, se preparar para pular nos salões ou, simplesmente, descansar! Desta forma, não é hora de ficar na cozinha por horas a fio preparando pratos complicados e demorados.

Viajou, chegou na sua casa de praia ou no sítio e a família está com fome? Simples! Uma receita deliciosa, facílima de preparar e que vai bem com uma salada verde e arroz! Veja também a sugestão no final da receita!

Bom carnaval a todos, bom descanso e… divirtam-se!

Frango na maionese

Ingredientes

1 kg de sobrecoxas ou filé de peito de frango sem a pele
suco de meio limão
1 xícara (chá) de maionese
2 dentes de alho picados
1 pacote de sopa de cebola
4 colheres de chá de salsinha picada

Modo de preparo

Em uma tigela, misture o frango com o suco de limão. Em outro recipiente, misture a maionese com o alho, a sopa de cebola e a salsinha.

Passe os filés ou as sobrecoxas de frango pela mistura da maionese. Coloque num refratário untado com óleo e leve ao forno pré-aquecido a 180ºC até que fiquem bem dourados.

Sirva com arroz branco e salada verde.

Sugestão: experimente misturar corn-flakes e queijo parmesão na mistura de maionese antes de envolver o frango. O resultado será um frango crocante delicioso!

By Joemir Rosa.

%d blogueiros gostam disto: