Arquivo para Pulmões

Zach Sobiech

Posted in Homenagem, Inspiração, Reflexão with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 02/06/2013 by Joe

Zach Sobiech

O que você faria se descobrisse que tem uma doença terminal e só tem alguns meses de vida? Como você se despediria dos familiares e amigos?

Pior ainda: e se você tivesse apenas 17 anos?

Em novembro de 2009, Zach Sobiech, um jovem americano com apenas 14 anos, descobriu que tinha um tumor maligno que ataca os ossos, chamado osteossarcoma. Passou por diversas cirurgias, meses de sessões de quimioterapia, horas de fisioterapia, biópsias, etc, desde então.

Em 2012 ele descobriu que o câncer havia se espalhado pelo quadril e pulmões e que teria apenas poucos meses de vida. A doença havia vencido e não havia mais tratamentos…

Só a título de estatísticas, 400 casos de osteossarcoma são diagnosticados em jovens com menos de 20 anos por ano nos Estados Unidos.

Podemos dizer que os verdadeiros heróis são queles que convivem com uma doença e que lutam cada minuto que dispõem; são aqueles que sobrevivem, mas também, aqueles que, embora lutando e acreditando, não sobrevivem!

Foi o que aconteceu com Zack Sobiech que, após 3 anos de luta e de muitos tratamentos contra o câncer, lhe foi dito, no final do ano passado, que nada mais havia a fazer.

Com apenas 17 anos, ele não cruzou os braços e fez aquilo que mais gostava: música! Compôs uma canção (“Clouds”, Nuvens, em português) que correu o mundo e deixou um testemunho da sua história e do seu último ano de vida.

No último dia 20 de Maio, Zack morreu. Ele aproveitou o último ano para viver, sorrir, amar e despedir-se da sua família, namorada e amigos.

Seus pais criaram o Children´s Cancer Research Fund para pesquisa e tratamento de crianças com câncer

E ainda nos deixou uma linda mensagem:

– “Não espere que a morte chegue para começar a viver!”

No video abaixo, a história desse menino que nos deixou um exemplo de vida! Talvez a gente deva acreditar que anjos não morrem … apenas voltam para casa!

Aqui, a canção que correu o mundo e comoveu a todos:

By Joemir Rosa.

Seu corpo pode ajudá-lo a conhecer-se melhor

Posted in Saúde with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 29/04/2013 by Joe

Relaxamento

Apesar do constante avanço das ciências médicas, as doenças ainda apresentam aspectos desconhecidos para nós. A existência de outra dimensão, a mental, além das três que são captadas por nossos sentidos, mostra que a ciência e a tecnologia de nada ajudam sem o conhecimento das leis naturais do Universo.

O cérebro pode ser programado e ficar preso a crenças pré-concebidas por nós mesmos ou pelos outros. Essas crenças podem ser mudadas. A saúde, bem como todos os outros aspectos da vida, depende do equilíbrio entre a razão e a emoção. Por isso é necessário conhecer as emoções.

A cura não depende da capacidade intelectual e sim da percepção de seu próprio sistema interior. A doença se origina na mente e não no físico, por isso a cura precisa ser encontrada na mente, para materializar-se no corpo, e não ao contrário.

Todas as doenças podem ser curadas, pois sua causa, na maioria das vezes, segundo recentes estudos da psicanálise, é o sentimento de culpa e contrariedades profundas, ou seja, causas psicossomáticas.

– Doenças ou acidentes no lado direito do corpo, significam, por exemplo, conflito com mulheres.

– A cabeça, sendo o centro da razão, fala de nossa flexibilidade ou falta dela, da nossa relação com a autoridade, com os pais. Daí as dores de cabeça.

– A coluna vertebral é o suporte do corpo. Representa nossas raízes genealógicas e tudo que suportamos dos obstáculos da vida.

– As articulações simbolizam a flexibilidade ou falta dela com relação à mudanças e a outras pessoas. Os ossos simbolizam a estrutura e a formação da personalidade.

– Ossos quebrados significam quebra de relacionamento ou da autoridade.

– Os braços, a ambição, o trabalho, o desejo de realização profissional e de perseguir ideais.

– As pernas, o nosso caminhar pela vida.

– A pele, a proteção da nossa individualidade.

– A gordura é uma proteção que a pessoa cria contra problemas externos.

– Problemas cardíacos resultam de sofrimento contido, medo de perdas, sentimento de vingança.

– Intestino preso é retenção de coisas do passado.

– Quando uma mulher é dependente de alguém que a tolhe em sua criatividade e é obrigada a deixar de fazer o que gosta, seu útero reage com dores, atraso menstrual, etc.

– A pessoa que sofre de problemas nos pulmões demonstra bloqueio na motivação de vida.

– Pessoas que não estão suportando mais os seus aborrecimentos, passam a ter dificuldades com a bexiga, que simboliza “suportar”.

– O câncer, que é um distúrbio celular, é resultado de tumores mentais, formados por orgulho excessivo e intransigências.

By Cristina Cairo, escritora, autora do livro “Linguagem do Corpo”, onde exercícios de relaxamento podem ser encontrados, que ajudam a alcançar o reequilíbrio do organismo.

%d blogueiros gostam disto: