Arquivo para Procura

Mistérios

Posted in Reflexão with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 09/05/2014 by Joe

Mistérios

Ficamos muitas vezes intrigados com fatos e acontecimentos na nossa vida. Estamos o tempo todo achando porquês e justificativas. Quebramos a cabeça, procuramos ajuda em outros planos e, com frequência, nosso consciente vem com aquela famosa pergunta:

– “Por que eu? Isto só acontece comigo mesmo…”

Em primeiro lugar, saiba que o universo é rico em mistérios e, para muitos deles, não estamos devidamente preparados para compreendê-los. Nestes casos será preciso alcançar um processo de evolução maior, ou seja, uma nova procura interior.

O famoso “isto só acontece comigo” é um julgamento antecipado dos seus pensamentos, como forma de justificar sua culpa por um erro incompreendido.

Quando encontramos dificuldades na compreensão das coisas que nos cercam, a primeira medida a ser tomada é saber que para tudo há uma resposta, mesmo que naquele momento ela não seja tão evidente. Quando isto acontecer, viva a vida plenamente sem olhar para trás, pois mais cedo ou mais tarde tudo se resolverá.

Basta saber esperar!

By B. Spencer.

Labirintos

Posted in Reflexão with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 01/05/2014 by Joe

Labirinto

Às vezes, a vida se assemelha a verdadeiros labirintos. Enveredamos por caminhos na certeza do rumo certo e, quando chegamos ao final, portas fechadas, só nos restando voltar e tentar nova caminhada! A vida é bem assim: uma constante procura, eterna busca de algo imperceptível.

Alguns param, outros perseveram. Mas a escolha é pessoal e intransferível.

Quando pensamos ter finalmente acertado, eis que mais uma porta se fecha perante nossos olhos aflitos e cansados, nos restando somente lágrimas e, muitas vezes, nenhum consolo.

Nesses instantes, nos esquecemos que somos a pessoa mais importante de nossas vidas e que a maior busca que devemos empreender é para dentro de nós mesmos, não nos preocupando com o mundo exterior, consequência que é do nosso reflexo.

Assim, se a vida continuar se assemelhando a labirintos, não duvidemos: sejamos luz, irradiando harmonia e calor, por mais que as portas continuem fechadas! E tenhamos em mente, sempre perseverar mais e mais em nossos caminhos, em busca das portas abertas dos nossos ideais mais íntimos.

Lembrando que, às vezes, é preciso derrubar muros, produzir atalhos!

Desconheço a autoria.

%d blogueiros gostam disto: