Arquivo para Parmesão

Pimentões gratinados

Posted in Receitas with tags , , , , , , , , , , , , , , on 18/05/2013 by Joe

Pimentões gratinados 1

Quando se fala de pimentão, a polêmica é certa. Alguns adoram seu sabor proeminente, que sempre se sobressai em um prato. Outros não podem nem sentir o cheiro.

O fato é que as variedades de pimentões são usadas e apreciadas em todo o mundo, por seu sabor semelhante ao das pimentas, mas sem a ardência delas.

A história dos pimentões se confunde, de fato, com a das pimentas, já que fazem parte do mesmo gênero, chamado capsicum. E a sua história também é polêmica: alguns dizem que eles se originaram na América do Sul, onde foram encontradas sementes da planta de 7 mil anos atrás. Outros dizem que ele veio do sul do México e da América Central.

Espanhóis e portugueses se incumbiram de levá-los para o continente europeu e para outras partes da América. E, por ser um vegetal versátil e adaptável a diversos climas, o cultivo se expandiu rapidamente em todo o planeta.

O pimentão também se adaptou bem a diversas cozinhas: é bastante usado na culinária brasileira e portuguesa, na italiana e na mexicana. Na Europa, ele é seco para dar origem à páprica, um condimento muito usado em cozidos típicos do leste europeu, como o húngaro goulash.

Os maiores produtores de pimentão são a China, Turquia, Romênia e México.

Polêmicas à parte, a receita de hoje é muito saborosa, por aliar o sabor marcante dos pimentões à carne bovina, com o toque do creme de leite e queijo parmesão para gratinar. Vale a pena experimentar!!!

Pimentões gratinados

Ingredientes

3 pimentões vermelhos (ou variados)
500 g de carne moída
2 colheres (sopa) de azeite
1 xícara de arroz cozido
½ cebola picada
2 tomates sem pele e sementes
2 colheres de salsinha picada
1 cubo de caldo de carne
sal a gosto

Para gratinar

2 ovos
½ xícara de creme de leite
½ xícara de parmesão ralado

Modo de preparo

Lave bem e corte os pimentões ao meio, retirando suas sementes e a parte branca. Reserve.

Em uma panela, refogue a cebola e a carne moída no azeite. Em seguida, adicione o arroz, o caldo de carne dissolvido em um pouco de água, a salsa e o tomate. Refogue bem. Recheie os pimentões.

Em um refratário, bata os ovos e acrescente o creme de leite. Com o auxílio de uma colher grande, cubra a carne moída e espalhe o queijo parmesão ralado por cima. Leve ao forno, em fogo alto, para gratinar.

Sirva quente com sua salada preferida.

Sugestão: utilize, na receita, um pimentão verde, um vermelho e um amarelo.

By Joemir Rosa.

Fettuccine ao creme de limão

Posted in Receitas with tags , , , , , , , , , , , , , , , , on 26/06/2010 by Joe

Um dos grandes segredos do sucesso da cozinha italiana é sua versatilidade. Troca-se o molho ou a cobertura do prato, seja macarrão, risoto ou pizza, e surgem receitas para todos os gostos, diferentes na apresentação, aroma e sabor. Talvez só o sanduíche, criado numa mesa de jogo pelo lorde inglês John Montagu (1718-92), revele a mesma variedade.

No caso do macarrão, massa ou pasta, os italianos se superaram. Diversificaram os formatos e, nas variações recheadas, seus apetitosos conteúdos. Fettuccine e tagliatelle servem de exemplo. Ambos os nomes indicam uma massa de fio longo, com cerca de um centímetro de largura e dois milímetros de espessura. No Lazio, a região de Roma, há fettuccine com manteiga e parmesão e também com ervilha e ovos. Na Emilia-Romagna, faz-se tagliatelle com presunto cru cortado em fatias; em Abruzos, incorpora lardo di guancia (toucinho curado, mas não defumado, da bochecha do porco).

Na verdade, fettuccine e tagliatelle são a mesma massa, embora os fundamentalistas discordem. Enxergam pequenas diferenças na largura e espessura. Fettuccine é denominação usada na Itália central e meridional, enquanto na parte setentrional a população prefere tagliatelle. São ainda palavras femininas e plurais, porém empregadas no singular quando nos referimos ao prato. É pasta que segura bem o molho, pois tem boa superfície.

A receita deste sábado é um prato que assume essa versatilidade da cozinha italiana, num prato de sabor exótico, mas nem por isso menos saboroso. Espero que curtam o sabor diferente, com um toque de limão na composição do molho.

Fettuccine ao creme de limão

Ingredientes

500 gr de fettuccine
2 xícaras de creme de leite fresco
1 cebola pequena picadinha
1/4 de xícara de vinho branco seco
3 colheres de sopa de manteiga
4 colheres de sopa de suco de limão
1 colher de chá de raspas de casca de limão
1/4 de xícara de queijo parmesão ralado
sal e pimenta do reino a gosto
100 gr de camarões pequenos

Modo de preparo

Em uma panela grande, coloque uns 5 litros de água para ferver e salgue levemente. Em uma outra panela prepare o molho, colocando a manteiga e a cebola picada, leve ao fogo e refogue até que a cebola esteja bem macia. Acrescente metade das raspas de casca de limão e os camarões. Refogue por mais um minuto e regue com o vinho branco, deixando evaporar.

Em seguida acrescente o creme de leite e o queijo parmesão. Ferva em fogo baixo por um ou dois minutos, acrescente o suco de limão, misture e prove o ponto de acidez, se necessário adicione mais um pouco de suco de limão. Acerte o ponto do sal e da pimenta do reino e reserve.

Coloque a massa para cozinhar na água fervente até que esteja “al dente”. Escorra, acrescente ao molho e leve ao fogo por um minuto. Sirva salpicando com as raspas de limão reservadas.

Buon appetito!

By Joe.

%d blogueiros gostam disto: