Arquivo para Orações

A paz interior

Posted in Reflexão, Saúde with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 24/07/2014 by Joe

A paz interior

Aconteça o que acontecer na sua vida, não perca a sua paz interior, ela é a força que você precisa para manter-se em equilíbrio mesmo durante as piores tempestades. Nessa época de pessoas atormentadas por pesadelos, por frustrações e sonhos desfeitos, manter a paz é fundamental para não cair nas armadilhas da depressão.

A carga de informação que você recebe durante o seu dia, a pressão do trabalho, dos estudos e dos relacionamentos, acaba deixando seus nervos em pedacinhos. Se você não estiver com o pensamento voltado para o seu bem estar, você não consegue manter o equilíbrio e aí o seu fígado começa a sofrer as primeiras consequências; daí para as doenças do estômago como a gastrite, a úlcera e outros nomes não muito recomendáveis, é um passo.

É preciso que você coloque filtros em sua vida e, ao receber as notícias, sejam elas quais forem, analisar e rapidamente descartar o que não for realmente importante para sua caminhada.

Manter-se em paz é um exercício diário, porque muitos obstáculos estarão presentes no seu dia a dia, a começar pelo seu lar, onde sob o mesmo teto reúnem-se pessoas que não compartilham as mesmas ideias que você.

No trabalho outros problemas nos aguardam. Manter o emprego esta cada vez mais difícil devido a enorme competição imposta pelas empresas entre os funcionários, tornando o clima às vezes “infernal e insuportável”.

Para complicar, tem o seu relacionamento que anda às vezes tão complicado por coisas tão bobas, que você fica pensando, será que vale a pena? E quando você está a sós, fica imaginando que não nasceu para amar e ser amado, que os anjos te esqueceram e outras besteiras que a solidão causa.

Tudo isso e mais aqueles amigos que acreditam que você é poderoso e usam seu ombro como se fosse um grande muro das lamentações e deixam você mais carregado de energias nada boas.

Cuide-se enquanto é tempo. Para que sua paz continue, use estas regrinhas básicas:

– Use o bom senso ao ler as notícias.

– Pare de ir no embalo dos alarmistas de plantão.

– Ao entrar no local de trabalho, faça uma prece em silêncio e cumprimente a todos com alegria.

– Respeite-se; se não estiver com vontade de falar com ninguém, retire-se e pare de fingir que está tudo bem.

– Peça ajuda. Para ajudar alguém precisamos estar muito bem. Se você não estiver bem, esqueça, você vai prejudicar a você e a quem pediu ajuda. A paz é uma conquista daqueles que se amam.

– Ame-se pelo amor de você mesmo! Ninguém tem o direito de invadir a sua paz e se o estão fazendo é porque você está permitindo.

– Reveja seus atos. Para manter a sua paz vale tudo: banhos relaxantes, orações, terapias, e muito amor. A paz é um exercício diário.

– Sorria mais, relaxe, busque um cantinho dentro de você para ser feliz. Você é responsável pelo seu bem estar. Estando feliz, o outro seguirá o seu exemplo.

– Acredite em você.

– Valorize-se. Você merece muito mais do que tem hoje, e vai conquistar se mantiver seu pensamento voltado para suas conquistas, sonhos e desejos.

Só existem dois dias no ano em que nada pode ser feito. Um se chama ontem e outro amanhã. Portanto, hoje é o dia certo para amar, acreditar, fazer, e principalmente viver.

Desconheço a autoria.

Um simples “Obrigado”

Posted in Reflexão with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 03/02/2013 by Joe

Agradecimento

A vida é um presente de Deus. Nada fizemos para ganhá-lo; aliás, nem o merecemos. Mas somos criaturas tão ingratas que nem sequer um “obrigado” brota de nós.

Não somos gratos por termos recebido essa oportunidade de crescer, ver, amar, rir, aproveitar a música da existência, a beleza do mundo. Não somos nem um pouco gratos; ao contrário, estamos sempre reclamando.

Se você escutar as orações das pessoas, ficará surpreso: todas elas são queixas. Não são orações cheias de agradecimento; estão pedindo algo mais, estão dizendo:

– “Isso não é suficiente.”

Na verdade, nunca será suficiente, pois o pobre pede, o rico pede, o imperador pede – todo mundo pede.

Todo mundo pede mais. Isso significa, simplesmente, que tudo que você recebeu não foi suficiente:

– “Eu mereço mais, você não tem sido justo comigo!”

Chamo isso de irreligiosidade. Para mim, todas as orações feitas nos templos, nas mesquitas e nas igrejas são irreligiosas.

A verdadeira oração é apenas de gratidão, um simples “obrigado” basta.

By Osho, em “Meditações Para o Dia”.

Crer

Posted in Inspiração with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 04/12/2012 by Joe

Crer

Creio que Deus me emprestará tudo o que necessito para triunfar, contanto que eu me esforce para alcançar com meios lícitos e honestos.

Creio em mim mesmo; creio nos que trabalham comigo; creio nos meus amigos; creio na minha família…

Creio nas orações e jamais fecharei os meus olhos para dormir sem antes pedir a devida orientação a fim de ser paciente com os outros e tolerante com os que não acreditam como eu acredito…

Creio que o triunfo é resultado de esforço inteligente, que não depende de sorte, de magia, de amigos, companheiros duvidosos…

Creio que tirarei da vida exatamente o que nela colocar. E, assim sendo, serei cauteloso quando tratar os outros, como quero que eles sejam comigo…

Não caluniarei aqueles que não gosto; não diminuirei meu trabalho por ver que os outros o fazem; prestarei o melhor serviço de que sou capaz, porque jurei a mim mesmo triunfar na vida, e sei que o triunfo é sempre resultado do esforço consciente e eficaz.

Finalmente, perdoarei os que me ofendem, porque compreendo que às vezes ofendo os outros e necessito de perdão.

“Quando um único homem atinge a plenitude do amor, ele neutraliza o ódio de vários!”

By Mahatma Gandhi.

Japão canta Beethoven

Posted in Videos with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 24/06/2012 by Joe

Dezembro no Japão também é uma época festiva, cheia de trocas de presentes, orações para o novo ano, ramos de bambu e pinho em frente das casas, festas nos escritórios e a Nona de Beethoven.

Nona de Beethoven?

Ninguém sabe ao certo como isso começou, mas na verdade o Coral da Sinfonia de Ludwig van Beethoven é o destaque da temporada, de tempo seco e dias irritantemente curtos. A sinfonia é realizada centenas de vezes nesse mês, por grupos profissionais e amadores de todo o país.

Algumas orquestras executam-na sem parar, uma atrás da outra. Na última temporada, a NHK Symphony Orchestra executou o que os japoneses chamam de Daiku, ou Big Nine, cinco vezes nesse mês; a Tokyo Symphony Orchestra 13 vezes e a Japan Philharmonic Symphony Orchestra 11 vezes.

“Para o japonês, ouvir a Nona Sinfonia de Beethoven no final do ano é uma experiência quase religiosa”, conta Naoyuki Miura, diretor artístico da “Música do Japão”, que patrocina shows no exterior. “As pessoas sentem que não concluíram o ano espiritualmente até ouví-la.”

Da mesma forma que o Ocidente canta “Messiah”, de Handel, na época do Natal, a Nona de Beethoven também chama o público para cantar junto, em performances em que o público participa nos coros de “Ode à Alegria”, de Schiller, cantando palavras em alemão, que mal compreende.

Os concertos são como versões mais elaboradas de bares de karaokê japonês, botecos noturnos favoritos dos japoneses que gostam de beber e cantar canções populares como “My Way”, usando microfones para um fundo musical gravado. Mas nada supera a Nona de Beethoven, um karaoke transcendental!

“Quando a música termina, as luzes da sala ficam borradas pelas lágrimas”, disse Izumi Yoshida, uma dona de casa de 40 anos descrevendo uma recente performance.

Assistam o video abaixo e curtam a emoção de 10.000 pessoas cantando junto a Nona Sinfonia de Beethoven, em uma performance gravada em Osaka em Dezembro de 2011, especialmente dedicada às vítimas do desastre ecológico ocorrido em Março daquele ano!

By Joemir Rosa.

Desmandamentos

Posted in Inspiração with tags , , , , , , , , , , , , on 10/06/2012 by Joe

1. Ame a vida sobre todas as coisas.

2. Não obedeça à ordens – exceto àquelas que venham do teu próprio coração.

3. A felicidade está dentro de você. Não a procure em nenhum outro lugar.

4. O amor livre é a mais religiosa das orações.

5. O desapego é a única porta para o Céu.

6. A vida só existe aqui e agora.

7. Não corra: dance.

8. Viva acordado – em todos os sentidos.

9. Pare de buscar: o que é teu já te pertence.

10. Mude, mas comece devagar, porque a direção é mais importante que a velocidade.

By Edson Marques.

Solidão

Posted in Reflexão with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 17/05/2012 by Joe

Que me desculpem os desesperados, mas solidão é fundamental para viver. Sem ela não me ouço, não ouso, não me fortaleço.

Sem ela me diluo, me disperso, me espelho nos outros, me esqueço. Não penso solto, não mato dragões, não acalanto a criança apavorada em mim, não aquieto meus pavores, meu medo de ser só.

Sem ela sairei por aí, com olhos inquietos, caçando afeto, aceitando migalhas, confundindo estar cercada por pessoas com ter amigos.

Sem ela me manterei aturdida, ocupada, agendada só para driblar o tempo e não ter que me fazer companhia.

Sem ela trairei meus desejos, rirei sem achar graça, endossarei ideias tolas só para não ter que me recolher e ouvir meus lamentos, meus sonhos adiados, meus dentes rangendo.

Sem ela, e não por causa dela, trocarei beijos tristes e acordarei vazia em leitos áridos.

Sem ela sairei de casa todos os dias e me afastarei de mim, me desconhecerei, me perderei.

Solidão é o lugar onde encontro a mim mesma, de onde observo um jardim secreto e por onde acesso o templo em mim.

Medo? Sim. Até entender que o monstro mora lá fora e o herói mora aqui dentro…

Encarar a solidão é coisa do herói em nós, transformá-la em quietude é coisa do sábio que podemos ser.

Num mundo superlotado, onde tudo é efêmero, voraz e veloz, a solidão pode ser oásis e não deserto.

Num mundo tão estressado, imediatista, insatisfeito, a solidão pode ser resgate e não desacerto.

Num mundo tão leviano, vulgar, que julga pelas aparências e endeusa espertalhões, turbinados, bossais, a solidão pode ser proteção e não contágio.

Num mundo obcecado por juventude, sucesso, consumo, a solidão pode ser liberdade e não fracasso.

Solidão é exercício, visitação. É pausa, contemplação, observação. É inspiração, conhecimento. É pouso e também voo.

É quando a gente inventa um tempo e um lugar para cuidar da alma, da memória, dos sonhos; quando a gente se retira da multidão e se faz companhia.

Preciso estar em mim para estar com outros. Ninguém quer ser solitário, solto, desgarrado.

Desde que o homem é homem, ou ainda macaco, buscamos não ficar sozinhos. Agrupamo-nos, protegemo-nos, evoluímos porque éramos um bando, uma comunidade. Somos sociáveis, gregários.

Queremos amigos, amores. Queremos laços, trocas, contato. Queremos encontros, comunhão, companhia. Queremos abraços, toques, afeto.

Mas, ainda assim, ouso dizer: é preciso aprender a estar só para se gostar e ser feliz.
O desafio é poder recolher-se para sair expandido. É fazer luz na alma para conhecer os seus contornos, clarear o caminho e esquecer o medo da própria sombra.

Existem pensamentos, orações, sorrisos, encontros e realizações que só acontecem quando estamos a sós. Existem curas, revelações, ideias, lembranças que só podem vir à tona quando estamos sós. Mesmo os momentos compartilhados só serão inesquecíveis se uma parte nossa estiver inteiramente só para apreender tudo que apenas a nós se revelará e tocará.

Existe uma pessoa que só conhecemos se conseguirmos ficar sós: nós mesmos!

Seja amigo da solidão. Aceite seus convites, passeie com ela, desmistifique-a. Não corra dela, não tenha medo. Desassombre-se.

Ouse a solidão e fique em ótima companhia. Assim estará pronto para desfrutar de todas as outras boas companhias da vida ….

By Hilda Lucas.

Noite Feliz …

Posted in Reflexão with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , on 24/12/2011 by Joe

Chega o Natal e parece que todos nós ficamos mais sensíveis, a emoção toma conta dos nossos corações, enfim, parece que somos tomados pelo espírito natalino e nos voltamos para nossos próprios interiores.

A noite de Natal se torna o momento mais especial de todos os 365 dias do ano. Famílias reunidas, muita alegria, mesa farta (ou, pelo menos, com um algo a mais que, normalmente, não temos durante os meses anteriores), presentes, crianças com olhos brilhantes esperando a chegada de Papai Noel carregado de brinquedos!

Muitas famílias ainda guardam o momento da prece de Natal, aquele instante em que todos silenciam e voltam seus corações para Jesus, momento em que muitos pedem a Deus que atenda suas necessidades, seus desejos, seus sonhos … e outros pedem paz e fraternidade entre os homens de boa vontade na Terra …

O que existe de comum em todos os corações, nessa noite, é a esperança de dias melhores, de uma vida mais fácil e mais plena de amor e alegrias!

Noite feliz …

Mas será que essa noite é feliz para todos os habitantes deste planeta tão judiado, tão explorado e tão conturbado?

Será que a noite é feliz para aqueles povos que vivem o terror de dezenas de guerras civis que assolam a África?

Será que a noite é feliz para quem vive, neste instante, as implacáveis temperaturas abaixo de zero que castigam tantas nações no hemisfério norte e que nem sempre tem calefação em seus lares?

Será que a noite é feliz para tantos velhinhos abandonados pelos próprios filhos em asilos, nem sempre em condições dignas de vida para um ser humano?

E o que dizer de tantas crianças que, no momento em que estamos comemorando, comendo e bebendo, estão se escondendo em marquises de prédios, debaixo de pontes e viadutos, sem o calor humano de um abraço, sem o carinho de pais e irmãos, sem nem mesmo um pedaço de pão como alimento …

Enfim, se começarmos a enumerar todos aqueles que, neste momento, estão precisando de um abraço, um carinho, um lar, um pouco de amor, este post ficaria muito longo e muito depressivo…

Não quero, com este texto, tirar a alegria e nem estragar o momento desta noite de cada um … quero apenas pedir que, na prece silenciosa no coração de cada um de nós, lembremos de agradecer por tudo que temos, pela família em que nascemos (mesmo que ela não seja “aquela” família que todos desejariam), pelo nosso lar, nossos filhos, parentes e amigos …

Não esquecer de agradecer pelo emprego que temos, quando tantos procuram um “bico” para tentar ganhar um pouco pro seu sustento … pelo alimento, farto ou justo, que enfeita nossas mesas nesta noite … por estarmos entre aqueles que amamos e nos amam …

E, nessa prece de mais agradecimentos do que pedidos, não deixar de incluir a intenção de alguma ação futura que possa ajudar a tanta gente que precisa de uma mão amiga, de uma palavra de consolo, de um pouco de amor incondicional …

Acho que cada um sabe o que fazer e como fazer, né? Afinal, bem pertinho da gente, tem muita gente precisando de tudo isso … basta querer, basta deixar que toda essa emoção desta noite feliz preencha nossos corações pelos outros 364 dias do ano …

Desejo, então, a todos os meus amigos, leitores e eventuais visitantes deste blog, um Natal pleno de paz, fraternidade, esperança, respeito, saúde e muito amor incondicional!

“Jesus … que eu seja capaz de estender este estado de espírito agradecido, fraterno e amoroso por todos os demais dias da minha vida.”

By Joemir Rosa.

%d blogueiros gostam disto: