Arquivo para Negrinho

Coxinha de brigadeiro

Posted in Receitas with tags , , , , , , , , , , , , , , , on 01/11/2014 by Joe

Coxinha de brigadeiro

Nos últimos dias, uma novidade invadiu as redes sociais e encheu de água os olhos e as bocas de muita gente: a coxinha de brigadeiro!

Já contei aqui, anteriormente, a origem da coxinha de frango e deixei uma receita muito saborosa. Também já contei a história do brigadeiro (ou negrinho, como é chamado no sul do Brasil) e postei diversas receitas (variações) desse delicioso docinho!

Não há muito mais que explicar, até porque o brigadeiro de morango já existia; o que inventaram foi apenas juntar duas delícias presentes em qualquer festa, o próprio brigadeiro e a coxinha!

Então, o melhor é partir direto para a receita desta novidade!

Coxinha de brigadeiro

Ingredientes

2 latas de leite condensado
1 caixinha de creme de leite
1 colher de sopa de manteiga
4 colheres de sopa de cacau em pó
gotas de baunilha (opcional)
20 morangos lavados e secos
granulado ou coco ralado para decorar

Modo de preparo

Antes de começar a preparar a receita, uma dica: mantenha o cabo dos morangos para que eles não liberem o sumo interno e estraguem o doce. Para isso, corte os talos bem perto da polpa, mantendo os morangos bem fechados.

Em uma panela antiaderente média, coloque o leite condensado, o creme de leite, o cacau em pó peneirado e a manteiga. Se quiser dar um sabor e aroma mais gostoso, adicione algumas gotas de essência de baunilha à mistura. Leve ao fogo brando e mexa sem parar até que a massa comece a desprender do fundo da panela, naquele ponto meio puxa-puxa. Desligue o fogo, unte um prato com manteiga e despeje a massa. Espere esfriar.

Depois de fria, unte as mãos com manteiga e comece a trabalhar a massa. Com a ajuda de uma colher de sopa, pegue pequenas porções da massa e abra na palma da mão. Coloque um morango no centro da massa, deixando a parte mais larga da fruta na palma da mão para poder dar o formato mais alongado, como o de uma coxinha salgada.

Passe no granulado ou no coco ralado e coloque em forminhas de papel. Está pronto!

Caso queira variar, use uvas, cerejas, damascos ou outras frutas da sua preferência no lugar do morango. Outra ideia é usar o brigadeiro branco recheado com coco ou morango, por exemplo. Para fazer o brigadeiro branco não tem segredo: é só não acrescentar o chocolate em pó.

By Joemir Rosa.

Brigadeiro de Leite Ninho

Posted in Receitas with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 04/10/2014 by Joe

Brigadeiros de Leite Ninho

O brigadeiro é um docinho de festa muito apreciado em todo o Brasil, particularmente nas áreas mais urbanas. Em algumas regiões do país ainda é chamado de “negrinho”, como nos tempos em que foi inventado, devido à sua cor.

Ele é conhecido em muitos países como “trufas brasileiras”, pois a textura macia e delicada do chocolate faz lembrar as trufas francesas, embora o brigadeiro seja bem mais doce que elas.

Até algum tempo os brigadeiros eram sempre servidos nas festas infantis, logo depois de se cantar “Parabéns” e cortar o bolo. Hoje em dia o protocolo foi quebrado e as crianças (de todas as idades) liquidam os brigadeiros que enfeitam a mesa do bolo bem antes da hora programada.

A história desse doce, porém, é, no mínimo, diferente. Dizem que ele surgiu de uma campanha eleitoral, logo depois da Segunda Guerra Mundial.

Conta-se que naquela época havia uma certa dificuldade de se conseguir leite fresco e açúcar para a produção de doces. Então, alguém descobriu que a mistura de leite condensado e chocolate resultava em um docinho bem gostoso. Mas ainda faltava batizar esse doce.

Na mesma época aconteciam as eleições para presidente do Brasil e um dos candidatos era o Brigadeiro Eduardo Gomes. Na campanha, ele utilizava um bordão engraçado, que ficou na boca do povo:

“Vote no Brigadeiro, que é bonito e é solteiro”.

Então suas eleitoras batizaram o doce em homenagem ao candidato. E as mulheres que trabalhavam na campanha, em vez do ‘santinho’ tradicional do candidato, distribuíam o docinho para ganhar votos.

Com o tempo o brigadeiro foi ficando cada vez melhor. Para enfeitá-lo e deixá-lo mais saboroso, começaram a utilizar o chocolate granulado. Depois, outras variações de receitas foram criadas a partir da original.

A receita de hoje é, como eu sempre prefiro, uma dessas variações. Pra começar, não leva leite condensado. E pra deixar com um sabor ainda melhor, leva leite em pó! Garanto que o sabor é inesquecível, principalmente para aqueles que na infância adoravam misturar meio copo de leite em pó com um pouco de água e fazer um delicioso creme pra comer de colher!

Espero que curtam! Além de saboroso, tem bem menos calorias!

Ah, sim … o resultado das eleições? O Brigadeiro Eduardo Gomes perdeu a eleição para o Marechal Eurico Gaspar Dutra, que infelizmente, não teve nenhum doce com o seu nome.

Brigadeiro de Leite Ninho

Ingredientes

1 ½ xícara de água
1 ½ xícara de leite Ninho em pó
7 colheres (sopa) de chocolate em pó
½ xícara de açúcar
1 colher (sopa) de manteiga
chocolate granulado (ou leite em pó)

Modo de preparo

No liquidificador, bata a água com o leite em pó, o chocolate em pó e o açúcar. Transfira para uma panela e acrescente a colher de manteiga. Mexa em fogo médio até o doce se soltar da panela. Transfira o doce para um prato untado com manteiga. Faça bolinhas e passe no chocolate granulado.

Eu inovei e passei novamente numa mistura de leite em pó e coco ralado fino!

By Joemir Rosa.

Brigadeiro de leite em pó

Posted in Receitas with tags , , , , , , , , , , , , , , , , on 08/10/2011 by Joe

O brigadeiro é um docinho de festa muito apreciado em todo o Brasil, particularmente nas áreas mais urbanas. Em algumas regiões do país ainda é chamado de “negrinho”, como nos tempos em que foi inventado, devido à sua cor.

Ele é conhecido em muitos países como “trufas brasileiras”, pois a textura macia e delicada do chocolate faz lembrar as trufas francesas, embora o brigadeiro seja bem mais doce que elas.

Até algum tempo os brigadeiros eram sempre servidos nas festas infantis, logo depois de se cantar “Parabéns” e cortar o bolo. Hoje em dia o protocolo foi quebrado e as crianças (de todas as idades) liquidam os brigadeiros que enfeitam a mesa do bolo bem antes da hora programada.

A história desse doce, porém, é, no mínimo, diferente. Dizem que ele surgiu de uma campanha eleitoral, logo depois da Segunda Guerra Mundial.

Conta-se que naquela época havia uma certa dificuldade de se conseguir leite fresco e açúcar para a produção de doces. Então, alguém descobriu que a mistura de leite condensado e chocolate resultava em um docinho bem gostoso. Mas ainda faltava batizar esse doce.

Na mesma época aconteciam as eleições para presidente do Brasil e um dos candidatos era o Brigadeiro Eduardo Gomes. Na campanha, ele utilizava um bordão engraçado, que ficou na boca do povo:

“Vote no Brigadeiro, que é bonito e é solteiro”.

Então suas eleitoras batizaram o doce em homenagem ao candidato. E as mulheres que trabalhavam na campanha, em vez do ‘santinho’ tradicional do candidato, distribuíam o docinho para ganhar votos.

Com o tempo o brigadeiro foi ficando cada vez melhor. Para enfeitá-lo e deixá-lo mais saboroso, começaram a utilizar o chocolate granulado. Depois, outras variações de receitas foram criadas a partir da original.

A receita de hoje é, como eu sempre prefiro, uma dessas variações. Pra começar, não leva leite condensado. E pra deixar com um sabor ainda melhor, leva leite em pó! Garanto que o sabor é inesquecível, principalmente para aqueles que na infância adoravam misturar meio copo de leite em pó com um pouco de água e fazer um delicioso creme pra comer de colher!

Espero que curtam! Além de saboroso, tem bem menos calorias!

Ah, sim … o resultado das eleições? O Brigadeiro Eduardo Gomes perdeu a eleição para o Marechal Eurico Gaspar Dutra, que infelizmente, não teve nenhum doce com o seu nome.

Brigadeiro de leite em pó

Ingredientes

1 ½ xícara de água
1 ½ xícara de leite em pó
7 colheres (sopa) de chocolate em pó
½ xícara de açúcar
1 colher (sopa) de manteiga
chocolate granulado (ou leite em pó)

Modo de preparo

No liquidificador, bata a água com o leite em pó, o chocolate em pó e o açúcar. Transfira para uma panela e acrescente a colher de manteiga. Mexa em fogo médio até o doce se soltar da panela. Transfira o doce para um prato untado com manteiga. Faça bolinhas e passe no chocolate granulado.

Eu inovei e passei novamente no leite em pó. E fica aqui uma terceira sugestão: coco ralado fino!

By Joemir Rosa.

Brigadeiro de copo

Posted in Receitas with tags , , , , , , , , , on 18/09/2010 by Joe

Há pouco tempo eu contei a história do brigadeiro, aquele doce de chocolate também conhecido como “negrinho”, numa versão diferente, feita com leite em pó. Até hoje a receita é uma das mais visitadas no blog.

Hoje estou trazendo uma receita que pode ser interpretada como mais uma versão desse doce, como sempre procuro fazer aqui no Demodelando. Trata-se de um brigadeiro de copo, muito cremoso e com um sabor bem exótico graças à combinação de dois de seus ingredientes.

Garanto que é uma sobremesa deliciosa!

Brigadeiro de copo

Ingredientes

600 g de morangos cortados em cubos
1/3 xícara (chá) de aceto balsâmico
1/2 xícara (chá) de açúcar
2 latas de leite condensado
2 colheres (sopa) de manteiga
150 g de chocolate meio amargo picado
200 ml de creme de leite fresco batido em ponto de chantilly

Modo de preparo

Numa tigela coloque os morangos cortados em cubos, o aceto balsâmico e o açúcar. Misture e deixe marinando por, mais ou menos, duas horas. Nesse período o aceto balsâmico ficará saborizado pelo morango e formará uma deliciosa calda. Passadas as duas horas escorra bem os morangos numa peneira, reserve a calda e os morangos.

Em uma panela coloque as duas latas de leite condensado, a manteiga e leve ao fogo baixo, mexendo sempre por, aproximadamente, oito minutos. Desligue o fogo e adicione o chocolate meio amargo picado, mexendo bem até derreter e formar uma massa homogênea. Em seguida acrescente a calda de aceto reservada e misture muito  bem até que fique bem cremoso.

Pegue 1/3 dessa mistura homogênea de chocolate, adicione o creme de leite fresco batido em ponto de chantilly e misture bem até que fique um creme mais claro.

Em taças largas distribua os morangos peneirados; depois, uma camada de chocolate cremoso com aceto; por cima de tudo mais uma camada de chocolate com chantilly. Leve à geladeira para gelar. Sirva em seguida.

By Joe.

Brigadeiro de leite em pó

Posted in Receitas with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , on 24/07/2010 by Joe

O brigadeiro é um docinho de festa muito apreciado em todo o Brasil, particularmente nas áreas mais urbanas. Em algumas regiões do país ainda é chamado de “negrinho”, como nos tempos em que foi inventado, devido à sua cor.

Ele é conhecido em muitos países como “trufas brasileiras”, pois a textura macia e delicada do chocolate faz lembrar as trufas francesas, embora o brigadeiro seja bem mais doce que elas.

Até algum tempo, os brigadeiros eram sempre servidos nas festas infantis, logo depois de se cantar “Parabéns” e cortar o bolo. Hoje em dia o protocolo foi quebrado e as crianças (de todas as idades) liquidam os brigadeiros que enfeitam a mesa do bolo bem antes da hora programada.

A história desse doce, porém, é, no mínimo, diferente. Dizem que ele surgiu de uma campanha eleitoral, logo depois da Segunda Guerra Mundial.

Conta-se que naquela época havia uma certa dificuldade de se conseguir leite fresco e açúcar para a produção de doces. Então, alguém descobriu que a mistura de leite condensado e chocolate resultava em um docinho bem gostoso. Mas ainda faltava batizar esse doce.

Na mesma época aconteciam as eleições para presidente do Brasil e um dos candidatos era o Brigadeiro Eduardo Gomes. Na campanha, ele utilizava um bordão engraçado, que ficou na boca do povo:

“Vote no Brigadeiro, que é bonito e é solteiro”.

Então suas eleitoras batizaram o doce em homenagem ao candidato. E as mulheres que trabalhavam na campanha, em vez do ‘santinho’ tradicional do candidato, distribuíam o docinho para ganhar votos.

Com o tempo, o brigadeiro foi ficando cada vez melhor. Para enfeitá-lo e deixá-lo mais saboroso, começaram a utilizar o chocolate granulado. Depois, outras variações de receitas foram criadas a partir da original.

A receita de hoje é, como eu sempre prefiro, uma dessas variações. Pra começar, não leva leite condensado. E pra deixar com um sabor ainda melhor, leva leite em pó! Garanto que o sabor é inesquecível, principalmente para aqueles que na infância adoravam misturar meio copo de leite em pó com um pouco de água e fazer um delicioso creme pra comer de colher!

Espero que curtam! Além de saboroso, tem bem menos calorias!

Ah, sim … o resultado das eleições? O Brigadeiro Eduardo Gomes perdeu a eleição para o Marechal Eurico Gaspar Dutra, que infelizmente, não teve nenhum doce com o seu nome.

Brigadeiro de leite em pó

Ingredientes

1 ½ xícara de água
1 ½ xícara de leite em pó
7 colheres (sopa) de chocolate em pó
½ xícara de açúcar
1 colher (sopa) de manteiga
chocolate granulado (ou leite em pó)

Modo de preparo

No liquidificador, bata a água com o leite em pó, o chocolate em pó e o açúcar. Transfira para uma panela e acrescente a colher de manteiga. Mexa em fogo médio até o doce se soltar da panela. Transfira o doce para um prato untado com manteiga. Faça bolinhas e passe no chocolate granulado.

Eu inovei e passei novamente no leite em pó. E fica também uma terceira sugestão: coco ralado fino!

By Joe.

%d blogueiros gostam disto: