Arquivo para Iogurte

Temos fome de amor

Posted in Relacionamentos with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 23/03/2015 by Joe

Temos fome de amor

Uma vez, Renato Russo disse, com uma sabedoria ímpar: “Digam o que disserem, o mal do século é a solidão”. Pretensiosamente, digo que assino embaixo, sem dúvida alguma. Parem para notar, os sinais estão batendo em nossa cara todos os dias.

Baladas recheadas de garotas lindas, com roupas cada vez mais micros e transparentes, danças e poses em closes ginecológicos, chegam sozinhas. E saem sozinhas. Empresários, advogados, engenheiros que estudaram, trabalharam, alcançaram sucesso profissional e… sozinhos.

Tem mulher contratando homem para dançar com elas em bailes, os novíssimos “personal dancers”… incrível, né? E não é só sexo não, se fosse era resolvido fácil, alguém duvida?

Estamos é com carência de passear de mãos dadas, dar e receber carinho sem necessariamente ter que depois mostrar performances dignas de um atleta olímpico, fazer um jantar pra quem você gosta e depois saber que vão “apenas” dormir abraçados… sabe, essas coisas simples que perdemos nessa marcha de uma evolução cega!

Pode fazer tudo, desde que não interrompa a carreira, a produção. Tornamo-nos máquinas e agora estamos desesperados por não saber como voltar a “sentir”! Só isso, algo tão simples que a cada dia fica tão distante de nós.

Quem duvida do que estou dizendo é só dar uma olhada nas redes sociais o número de grupos como: “Quero um amor pra vida toda!”, “Eu sou pra casar!” e até a desesperançada “Nasci pra ser sozinho!”. Unindo milhares, ou melhor, milhões de solitários em meio a uma multidão de rostos cada vez mais estranhos, plásticos, quase etéreos e inacessíveis.

Vivemos cada vez mais tempo, retardamos o envelhecimento e estamos cada dia mais belos e… mais sozinhos. Sei que estou parecendo o solteirão infeliz, mas pelo contrário, pra chegar a escrever estas bobagens (mais que verdadeiras) é preciso encarar os fantasmas de frente e aceitar essa verdade de cara limpa. Todo mundo quer ter alguém ao seu lado, mas hoje em dia é feio, demodèe, brega.

Alô, gente! Felicidade, amor, todas essas emoções nos fazem parecer ridículos, abobalhados… mas e daí? Seja ridículo, não seja frustrado, “pague mico”, saia gritando e falando bobagens, pague pra ver, você vai descobrir, mais cedo ou mais tarde, que o tempo pra ser feliz é curto, e cada instante que vai embora não volta.

Mais (estou muito brega!): aquela pessoa que passou hoje por você na rua, talvez nunca mais volte a vê-la, quem sabe ali estivesse a oportunidade de um sorriso a dois.

Quem disse que ser adulto é ser ranzinza? Um ditado tibetano diz que, se um problema é grande demais não pense nele, e se ele é pequeno demais, pra quê pensar nele? Dá pra ser um homem de negócios e tomar iogurte com o dedo ou uma advogada de sucesso que adora rir de si mesma por ser estabanada; o que realmente não dá é continuarmos achando que viver é out, que o vento não pode desmanchar o nosso cabelo ou que eu não posso me aventurar a dizer pra alguém: “vamos ter bons e maus momentos e uma hora ou outra, um dos dois (ou quem sabe até os dois), vai querer pular fora. Mas se eu não pedir para que fique comigo porque pessoas vão se machucar, tenho certeza que vou me arrepender pelo resto da vida”. Afinal, pessoas sempre vão se machucar… até mesmo quem não se arrisca!

Antes idiota que infeliz!

Desconheço a autoria.

A idiotice é vital para a felicidade

Posted in Comportamento with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 17/12/2014 by Joe

A idiotice é vital para a felicidade

A idiotice é vital para a felicidade! Gente chata essa que quer ser séria, profunda e visceral sempre. Putz!

A vida já é um caos, então, por que fazermos dela, ainda por cima, um tratado? Deixe a seriedade para as horas em que ela é inevitável: mortes, separações, dores e afins.

No dia-a-dia, pelo amor de Deus, seja idiota! Ria dos próprios defeitos. E de quem acha defeitos em você. Ignore o que o boçal do seu chefe disse. Pense assim: quem tem que carregar aquela cara feia, todos os dias, inseparavelmente, é ele. Pobre dele.

Milhares de casamentos acabaram-se não pela falta de amor, dinheiro, sexo, sincronia, mas pela ausência de idiotice. Trate seu amor como seu melhor amigo, e pronto. Quem disse que é bom dividirmos a vida com alguém que tem conselho pra tudo, soluções sensatas, mas não consegue rir quando tropeça. Alguém que sabe resolver uma crise familiar, mas não tem a menor ideia de como preencher as horas livres de um fim de semana?

Quanto tempo faz que você não vai ao cinema? É bem comum gente que fica perdida quando se acabam os problemas. E daí, o que elas farão se já não têm por que se desesperar? Desaprenderam a brincar. Eu não quero alguém assim comigo. Você quer? Espero que não.

Tudo que é mais difícil é mais gostoso, mas… a realidade já é dura; piora se for densa. Dura, densa, e bem ruim. Brincar é legal. Entendeu?

Esqueça o que te falaram sobre ser adulto, tudo aquilo de não brincar com comida, não falar besteira, não ser imaturo, não chorar, não andar descalço, não tomar chuva. Pule corda!

Adultos podem (e devem) contar piadas, passear no parque, rir alto e lamber a tampa do iogurte. Ser adulto não é perder os prazeres da vida – e esse é o único “não” realmente aceitável. Teste a teoria. Uma semaninha, para começar.

Veja e sinta as coisas como se elas fossem o que realmente são: passageiras. Acorde de manhã e decida entre duas coisas: ficar de mau humor e transmitir isso adiante… ou sorrir!

Bom mesmo é ter problema na cabeça, sorriso na boca e paz no coração! Aliás, entregue os problemas nas mãos de Deus… e que tal um cafezinho gostoso agora?

“A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso cante, chore, dance e viva intensamente antes que a cortina se feche”.

Seja um idiota!

Desconheço a autoria, apesar de ser amplamente atribuído a Arnaldo Jabor.

Frango com iogurte e bacon

Posted in Receitas with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 27/09/2014 by Joe

Frango com iogurte

O frango é a ave mais comum utilizada na culinária e atualmente seu consumo está emparelhado ao de carne bovina. A carne de frango é considerada uma carne branca, assim como a dos peixes; possui menor teor de gordura que a carne vermelha e é mais macia.

Entretanto, o que genericamente se chama de frango pode ter quatro classificações, como: galeto, frango, frango caipira e frango capão. É muito importante saber qual o tipo de frango utilizado, uma vez que cada um possui um modo de preparo característico, influenciando no sabor da carne.

O Brasil é um dos países que mais consome carne no mundo, e os números não param de crescer. Em 2011, o brasileiro consumiu em média 47 kg de carne de frango, 15 kg de carne de porco e 35 kg de carne de boi, um aumento de 7,5%, 7% e 9%, respectivamente, comparado a 2010.

Tanto a carne branca quanto a vermelha têm excelente valor nutritivo. As carnes são ricas em proteínas, fornecem minerais como zinco, ferro, potássio, cobre e fósforo, além de boas doses de vitamina B12, exclusiva em alimentos de origem animal, e de outras vitaminas do complexo B, como B3, B5 e B6.

Porém, não podemos exagerar. Os alimentos de origem animal são ricos em gorduras saturadas, que aumentam os níveis de LDL (o colesterol ruim) no organismo, podendo aumentar também os riscos de problemas no coração. A indicação de consumo dessa gordura – encontrada principalmente na pele do frango e na gordura aparente das carnes vermelhas – é de, no máximo, 2 g por dia.

Portanto, nada de exageros no consumo de carnes gordas.

Hoje trazemos uma receita bem simples e fácil de preparar, que fica bem crocante e saborosa!

Frango com iogurte e bacon

Ingredientes

3 peitos de frango desossados
sal a gosto
2 colheres (sopa) de páprica doce
3 dentes de alho amassados
1/2 colher (chá) de canela
1 cebola ralada
1 colher (chá) de casca ralada de limão
6 fatias de bacon
1/4 de xícara de azeite
1 xícara de iogurte natural
1 pimenta-malagueta amassada

Modo de preparo

Aqueça o forno a 200º C. Divida os peitos de frango em duas partes no sentido vertical.

Misture, numa tigela, o sal, a páprica, o alho, a canela, a cebola, a casca de limão e passe essa mistura sobre as partes de peito de frango. Cubra cada um deles com uma fatia de bacon.

Misture bem o azeite com o iogurte e banhe bem os peitos. Leve ao forno para assar por 30 minutos ou até a carne ficar macia e assada.

By Joemir Rosa.

Mousse de amoras light

Posted in Receitas with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 23/04/2011 by Joe

Há algum tempo eu discursei sobre as propriedades da gelatina e seus benefícios para a saúde humana, principalmente porque ela é um tipo de proteína chamada colágeno e que existe em grande quantidade na pele, ossos, tendões e fibras que unem músculos aos ossos de porcos e bois! Além do nosso próprio corpo.

É sempre bom lembrar que o colágeno auxilia e previne dores nas articulações, combate a flacidez, impede a deformação dos ossos, auxilia em dietas, fortalece cabelos e unhas, fortalece os ossos, auxilia na cicatrização e previne o organismo contra doenças como a artrose e a osteoporose. Sua composição contém nove dos dez aminoácidos que o organismo necessita. Não possui gordura, colesterol e nem contra-indicações. Deve ser consumida, no mínimo, 250 ml por dia.

A receita de hoje é particularmente saudável e deliciosa por ser à base de gelatina, amoras e iogurte! Além disso, para quem abusou de pratos nem sempre muito leves na sexta-feira santa, esta sobremesa é bem light!

Mousse de amoras light

Ingredientes

4 colheres (chá) de gelatina vermelha em pó sem sabor
3 colheres (sopa) de água fria
300 g de amoras
2 potes (400g) de iogurte desnatado
4 colheres (sopa) de adoçante dietético em pó, forno e fogão

Modo de preparo

Em um refratário, hidrate a gelatina com as 3 colheres (sopa) de água fria. Em seguida, leve o refratário ao fogo, em banho-maria, por 5 minutos, ou até a gelatina estar bem dissolvida.

Retire do fogo e transfira para o liquidificador. Junte as amoras, o iogurte e o adoçante e bata até obter um creme bem homogêneo. Distribua em quatro taças rasas e leve à geladeira por 2 horas. No momento de servir, decore com amora e hortelã.

By Joe.

Saladas de frutas

Posted in Receitas with tags , , , , , , , , , , on 20/11/2010 by Joe

Verão batendo às portas, calor, hora de comer light. E nada melhor do que frutas para manter o corpo hidratado e bem alimentado. Uma das formas de se consumir frutas em quantidades apropriadas é através das saladas de frutas!

Sobremesa que não gera nenhum tipo de complicação, só necessitamos  de matéria-prima de qualidade: frutas frescas variadas acompanhadas de frutos secos, sucos de frutas, mel ou açúcar, iogurte natural ou com sabor, cereais, especiarias (canela e baunilha), ervas aromáticas (menta e verbena) ou licores.

Passos básicos para preparar uma boa salada de fruta:

# Lave bem e descasque as frutas (se for necessário) e corte-as sobre uma vasilha funda para aproveitar os sucos.

# Se utilizar frutas que se oxidam com o contato do ar (maçã, pêra, banana), é preciso salpicá-las com suco de limão para que elas não fiquem pretas.

# Caso deseje, prepare uma calda leve para macerar as frutas. Coloque em uma panela água e suco de limão, leve à ebulição para que seu volume diminua e agregue açúcar. Deixe esfriar e macere as frutas nesta calda durante pelo menos meia hora, guarde na geladeira.

# As saladas devem ser tiradas da geladeira cerca de dez minutos antes de servir para que as frutas estejam na temperatura ambiente.

# Pode-se enriquecê-las com iogurte, cereais, frutos secos e passas, além de um pouco de licor.

Veja, abaixo, algumas receitas diferentes na forma de preparar e servir saladas de frutas:

Salada de frutas ao vinho

Ingredientes

1/2 manga média descascada
1 kiwi médio descascado
1 xícara (chá) de uva rubi
1 xícara (chá) de abacaxi em cubos médios
1/2 xícara (chá) de vinho branco
2 colheres (sopa) de licor de laranja

Modo de preparo

Corte a manga em cubos médios e os kiwis em fatias. Em seguida, divida as fatias de kiwi ao meio. Em uma panela grande, coloque a manga, o kiwi, as uvas e o abacaxi. Regue com o vinho e o licor e leve ao fogo por 2 minutos, ou até todos os ingredientes ficarem aquecidos. Retire do fogo e sirva as frutas ainda quente acompanhadas de sorvete de creme. Caso prefira, regue com calda de caramelo.

Salada de frutas com granola e caldo de cana

Ingredientes

1 maçã média
1 laranja-pera média
1 xícara (chá) de abacaxi
1/2 xícara (chá) de melão
1 kiwi médio
1/2 xícara (chá) de mamão
1 banana prata
1/2 xícara (chá) de uvas rubi partidas ao meio
1/2 xícara (chá) de granola
200 ml de caldo de cana (existe à venda em caixinhas longa-vida nos supermercados)

Modo de preparo

Coloque o caldo de cana no congelador e deixe por 20 minutos. Enquanto isso, lave, descasque e pique em cubos médios as frutas e disponha-as em saladeiras individuais. Retire o caldo de cana do congelador, regue a salada e salpique a granola. Sirva em seguida.

Salada tropical de frutas

Ingredientes

1 manga madura
2 bananas nanicas
1 mamão papaia firme
1 goiaba
30 g de gengibre
2 colheres (sopa) de suco de limão
½ xícara de suco de laranja
½ xícara de guaraná
2 colheres (sopa) de açúcar

Modo de preparo

Descasque o gengibre e corte em fatias, coloque em uma pequena panela com o suco de laranja, suco de limão, guaraná e açúcar e leve ao fogo até ferver e dissolver o açúcar. Apague o fogo e deixe esfriar. Descasque todas as frutas e corte em cubos. Coloque as frutas em uma saladeira e regue com o suco preparado. Leve à geladeira por 2 horas, no mínimo. Se gostar, sirva com sorvete de coco.

Salada de frutas para o verão

Ingredientes

250g de melão amarelo
250g de melão orange
250g de melancia
6 colheradas de suco de limão
1 colherada de limão ralado
2 colheradas de açúcar glacê

Modo de preparo

Deixe que as frutas esfriem na geladeira por pelo menos 4 horas antes de preparar a sobremesa. Corte a polpa dos dois tipos de melões e da melancia em pedaços regulares e retire todas as sementes. Misture em uma vasilha o suco de limão e o açúcar glacê e bata bem. Coloque os pedaços de frutas em uma vasilha de vidro, ou até mesmo em uma das cascas do melão, e salpique com o molho de limão. Esta sobremesa deve ser servida fria, mas não gelada, para que seja possível apreciar as diferentes texturas e os sabores de todas as frutas. Adorne com limão ralado e sirva.

Salada de frutas com iogurte, uvas passas e castanha

Ingredientes

1 mamão papaia em cubos
1 maçã em cubos
2 bananas em cubos
1 goiaba sem sementes em cubos
12 uvas itália, sem sementes, cortadas ao meio
2 copos de suco de laranja
2 potes de iogurte com mel
4 colheres (sopa) de uvas passas
4 colheres (sopa) de castanha de caju moídas
mel a gosto

Modo de preparo

Em uma tigela, coloque todas as frutas e regue com o suco de laranja. Em uma taça de sobremesa, coloque o mel, metade do iogurte, das uvas passas e da castanha. Acrescente as frutas e distribua o iogurte, as uvas passas e a castanha restantes. Regue com o mel e sirva.

Frutas vermelhas com espuma de kiwi

Ingredientes

4 kiwis
150g de morangos
150g de cerejas
100g de framboesas
3 claras de ovo
3 ou 4 colheradas de açúcar
folhas de menta
uma colherada de açúcar glacê

Modo de preparo

Tire as sementes das cerejas, coloque-as em uma vasilha e acrescente os morangos cortados, as cerejas e as framboesas. Jogue o açúcar em cima para que elas soltem seu suco e macere com duas folhas de menta trituradas. Descasque os kiwis e triture no liquidificador. Faça um purê, misturando com um pouco de água. À parte, bata as claras em neve com um pouco de açúcar glacê, misture com o purê de kiwi e coloque no congelador. Coloque a salada de frutas em uma vasilha, a espuma de kiwi por cima e decore com uma folha de menta.

Salada de frutas flambadas

Ingredientes

2 xícaras (chá) de salada de frutas em conserva sem a calda
1/2 xícara (chá) de uísque
1 xícara (chá) de chantilly
4 folhas de hortelã para decorar

Modo de preparo

Leve ao fogo uma frigideira com a salada de frutas e cozinhe, mexendo de vez em quando, por 2 minutos, ou até aquecer bem. Regue com o uísque e flambe em seguida. Retire do fogo e coloque as frutas num prato ou taça pequena. Cubra com o chantilly, decore com as folhas de hortelã e sirva em seguida.

By Joe com base em receitas do Terra Culinária.

Frozen Yogurt

Posted in Receitas with tags , , , , , , , , , , on 23/10/2010 by Joe

A primavera chegou e daqui para frente teremos dias abafados, com temperaturas muito altas! E, como sempre, a pedida para enfrentar o calor é o velho e bom sorvete. Este ano está na moda o frozen yogurt, uma delícia gelada que está fazendo muito sucesso, com diversos pontos de vendas em shoppings, principalmente.

Segundo os entendidos no assunto, o frozen yogurt teve origem no Canadá, mas industrialmente, surgiu nos Estados Unidos, mais precisamente em Boston, no ano de 1972. Em  poucos anos já estava nas principais cidades dos Estados Unidos. Hoje em dia acredita-se que 20% de todos os sorvetes consumidos nos Estados Unidos são Frozen Yogurt.

E uma curiosidade: por lá é possível encontrar até frozen yogurt para cães. É um frozen yogurt orgânico com banana, amendoins e água.

A receita de hoje é muito gostosa e pode ser apreciada com uma variedade enorme de coberturas, ou até sem elas! Eu, particularmente, prefiro com pêssegos em calda ou morangos.

Frozen Yogurt

Ingredientes

2 copos de iogurte natural
8 colheres (sopa) de açúcar
1 lata de creme de leite
1 colher (sopa) de raspas de limão

Calda

1 xícara (chá) de frutas vermelhas variadas (ou morangos)
1/2 xícara (chá) de açúcar

Modo de preparo

Bata o iogurte, o açúcar e o creme de leite no liquidificador. Misture as raspas de limão com uma colher, coloque em um recipiente, cubra com filme plástico e leve ao freezer por 6 horas, no mínimo.

Retire do freezer, deixe amolecer um pouco e bata na batedeira até dar consistência de creme. Cubra e leve novamente ao freezer até firmar.

Para a calda, misture as frutas e o açúcar numa panela. Leve ao fogo e deixe ferver. Na hora de servir, faça bolas com o frozen yogurt e sirva com a calda gelada.

Você pode variar a calda, substituindo as frutas vermelhas por maracujá, morangos, abacaxi ou kiwi.

By Joe.

Coalhada

Posted in Receitas with tags , , , , , , , , , , , , , on 06/03/2010 by Joe

Conhecido como o primeiro alimento transformado que se tem notícia na história da humanidade e consumido há séculos em todo o Mediterrâneo Oriental, o leite fermentado (coalhadas e iogurtes) é considerado o “Alimento dos Deuses” por suas características e propriedades.

Por exemplo, o iogurte é um dos mais populares e conhecidos tipos de leite fermentado existentes no mundo. A preparação de leites fermentados é uma das formas mais naturais que existem de conservação do leite, já que a acidificação funciona como um preservativo natural contra o desenvolvimento de muitas bactérias nocivas.

É, por esta razão, que os leites fermentados são oriundos de países quentes, e neles muito consumidos. Não fosse pela técnica da acidificação, muitas populações ficariam impedidas de consumí-lo, pelo menos em condições mínimas de segurança.

O elevado valor biológico das proteínas no leite fermentado é superior ao leite fresco, proporcionando o aumento da biodisponibilidade de vitaminas do complexo B, no intestino humano e a melhor absorção do cálcio pelo organismo.

A coalhada elaborada a partir de leite desnatado chega a ser 6 vezes mais digerível que o leite comum.

A coalhada contribui pelo equilíbrio do ecossistema intestinal promovendo o seu balanceamento e, como resultado, modulando diarréias causadas pelo uso de antibióticos, por situações de stress e por tratamentos infecciosos, quimioterápicos e radioterápicos. Também atua na regularidade intestinal, principalmente para idosos.

Ilya Metchinikoff, cientista russo, em suas investigações, concluiu que, as bactérias fermentativas exercem ação inibitória sobre outras bactérias do intestino, contribuindo para a sua desintoxicação, o que prolonga a vida. A longevidade dos povos dos Balcãs, península à sudeste da Europa, era resultado de uma dieta rica em leites fermentados.

Os benefícios que a coalhada traz para o organismo humano podem ser inúmeros, entre eles:

– Reduz o colesterol no sangue (efeito anticolesterolênico)

– Modula as diarréias causadas pelos tratamentos com antibióticos, quimio-terapias, radioterapias e por situações de stress.

– Tem alto valor nutritivo.

– Melhora a digestão da lactose.

– Recupera e equilibra a flora intestinal.

– Melhora as funções intestinais.

– Melhora a absorção do cálcio e proteínas do leite.

– Desintoxica o intestino.

– Aumenta a expectativa de vida.

– Inibe a ação de bactérias patogênicas.

– Tem efeitos anticarcinogênico.

A preparação de uma boa colhada, sem adição de conservantes e outros aditivos, é muito simples. Veja uma receita caseira deste alimento que só traz benefícios para nossa saúde.

Coalhada

Ingredientes

2 litros de leite desnatado
1 copo (200 ml) de iogurte desnatado

Modo de preparo

Ferva o leite. Desligue o fogo, coloque-o em uma tigela ou pirex e deixe descansar até atingir a temperatura em torno dos 50ºC (existem termômetros culinários para essa função, mas caso não tenha um à mão, a temperatura ideal é quando você consegue colocar o dedo no leite sem se queimar). Separe uma xícara desse leite e deixe também amornar.

Quando estiver na temperatura ideal, dilua o iogurte na xícara de leite separada e misture bem. Essa mistura servirá como primeiro coalho. Depois, coe o coalho e misture a todo o leite fervido e na temperatura ideal. Com uma concha vá jogando a mistura de cima para baixo, para aerar bem.

Cubra a vasilha com um pano grosso ou toalha para abafar bem e deixe descansando em local seco e sem vento, por cerca de 4 a 6 horas (ou de um dia para o outro).

Retire a toalha e, sem mexer, leve à geladeira. Assim forma-se a coalhada fresca e o coalho. Após gelar, separe um copo (200 ml) e guarde num vidro limpo (use água fervente) na geladeira. Servirá de coalho para a próxima vez e assim sucessivamente. Sirva com mel e frutas ou utilize na preparação de pudins e molhos para saladas.

By Joe.

%d blogueiros gostam disto: