Arquivo para Gelatina

Gelatina de morangos com creme

Posted in Receitas with tags , , , , , , , , , , on 15/02/2014 by Joe

Gelatina de morango com creme

Como já comentado por diversas vezes aqui no blog (faça uma pesquisa sobre gelatina aqui ao lado no BUSCA), a gelatina é um alimento muito saudável e uma sobremesa muito gostosa em dias quentes, ainda mais quando preparada com frutas frescas.

A receita de hoje não tem história, origem ou blá-blá-blá. Tem é sabor!!! Lembrando sempre que pode ser preparada com outras frutas de época ou de acordo com o seu gosto, adaptando-se a cor da gelatina apenas.

Espero que gostem!

Gelatina de morangos com creme

Ingredientes

1 colher (sopa) de gelatina em pó vermelha sem sabor
2 envelopes de gelatina em pó incolor sem sabor
2 xícaras (chá) de água
1 colher (chá) de casca de limão ralada
2/3 de xícara (chá) de açúcar
600 g de morangos lavados

Creme

5 gemas bem batidas
1/3 de xícara (chá) de açúcar
2 xícaras (chá) de leite desnatado

Modo de preparo

Hidrate as gelatinas em 1 xícara de água. Leve ao fogo, em banho-maria, até dissolvê-las. Leve a uma tigela e misture a água restante, a casca de limão e ao açúcar.

Corte 16 morangos ao meio pelo comprimento. Num refratário de 24 x 28 cm, untado com óleo, coloque 1/4 de xícara da gelatina. Leve à geladeira por 15 minutos. Distribua os morangos com a face cortada para cima. Cubra com mais de gelatina. Deixe na geladeira e espere ficar mais firme. Repita até terminarem os ingredientes e refrigere por 6 horas.

Preprare o creme misturando todos os ingredientes numa panela, levando ao fogo até engrossar. Espere esfriar e sirva sobre a gelatina.

By Joemir Rosa.

Gelatina de cerejas com maria-mole

Posted in Receitas with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 18/01/2014 by Joe

Gelatina de cerejas e maria-mole

Por diversas vezes eu postei receitas de mousses e outras sobremesas onde coloquei informações sobre o quão importante e saudável é o consumo da gelatina! Ela deveria estar presente na nossa dieta praticamente todos os dias.

Então, acredito não ser preciso repetir aqui tudo que já foi postado anteriormente. Quem não leu, pode procurar pelo Busca aqui do lado e ver todas as vantagens do consumo desse alimento.

Aproveitando que o verão está em alta em todo o país, com temperaturas absurdas, recomenda-se a ingestão de bastante líquidos, o consumo de frutas, legumes e verduras e alimentos com pouca gordura e açúcar.

Desta forma, a gelatina pode ser uma ótima opção para quem quer manter o corpo em forma e ter uma alimentação leve e saudável.

Aproveitando que a época é de cerejas ainda., trazemos a receita de uma sobremesa deliciosa, fácil e rapidíssima de preparar. Com gelatina, claro!

Gelatina de cerejas com maria-mole

Ingredientes

Gelatina

2 embalagens de gelatina sabor cereja

Pudim

1 caixa de pó para maria mole
1 xícara (chá) de água quente
4 colheres (sopa) de água
1 lata de leite condensado
1 lata de creme de leite
50 gramas de cerejas picadas
50 gramas de coco ralado fino

Modo de preparo

Dissolva a gelatina conforme as instruções da embalagem. Coloque em taças individuais e leve-as à geladeira até começar a endurecer. A consistência é semelhante à de clara de ovo.

Bata, no liquidificador, o pó para maria-mole com a água quente, por aproximadamente 5 minutos, até espumar. Adicione o leite condensado, o creme de leite e misture bem. Finalmente, acrescente as cerejas picadas, misture e despeje sobre a gelatina. Polvilhe o coco ralado e enfeite com uma cereja. Leve para gelar por 6 horas.

Retire da geladeira apenas na hora de servir.

Você pode substituir as cerejas por outras frutas e até por pêssegos em calda.

By Joemir Rosa.

Doce de mamão maduro

Posted in Receitas with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 26/10/2013 by Joe

Doce de mamão maduro 2

Mamão, papaia ou ababaia é o fruto do mamoeiro ou papaeira, árvores das espécies do gênero Carica, especialmente de Carica papaya. Utiliza-se o termo “mamão” para identificar o fruto mais arredondado e adocicado; e papaia para o fruto mais alongado e mais adocicado.

Geralmente possuem casca macia, amarela ou esverdeada. Sua polpa é doce e macia, variando a cor entre o amarelo-pálido até o laranja. Em sua cavidade central encontramos sementes negras e rugosas, envolvidas por uma espécie de gelatina transparente.

Mamões são consumidos in natura, em saladas e sucos. Antes da maturação, sua casca apresenta um látex leitoso que deve ser retirado antes do consumo. Este látex contém substâncias nocivas às mucosas, sendo usado, inclusive, culinariamente, como amaciante de carnes. Tem um alto teor de papaína, uma enzima proteolítica que é usada em medicamentos para tratamento de distúrbios gastrointestinais e para reabsorção de hematomas.

Originalmente do sul do México e países vizinhos, é atualmente cultivado na maioria dos países tropicais e nos Estados Unidos, onde foi introduzido primeiramente na Flórida, Havaí, Porto Rico, e nas Ilhas Virgens.

O mamoeiro produz fruto o ano todo, porém, no Brasil, a safra geralmente ocorre nos meses de maio, junho, agosto e outubro. Existem diversas variedades de mamão. As mais conhecidas por aqui são: mamão papaia, mamão formosa (um pouco maior e geralmente usado para fazer doces), mamão-da-baía, mamão-macho e mamão-da-índia.

O consumo do mamão é recomendado pelos nutricionistas por se constituir em um alimento rico em licopeno (média de 3,39 mg em 100 g), vitamina C e minerais importantes para o organismo. Quanto mais maduro, maior a concentração desses nutrientes.

Além de todas essas recomendações pra o consumo do mamão, ainda podemos preparar deliciosos doces, com o mamão verde ou maduro. Eu, particularmente, prefiro o doce de mamão maduro, que é a receita deste sábado.

Doce de mamão maduro

Ingredientes

1 mamão grande e maduro (mais ou menos 350 g)
200 g de coco ralado
500 gr de açúcar
6 cravos
1 pedaço de canela em pau

Modo de preparo

Descasque e retire as sementes do mamão. Bata no liquidificador até que esteja todo desmanchado.

Em uma panela, ponha o mamão, o coco, o açúcar, o cravo e a canela. Leve ao fogo baixo, mexendo sempre até chegar ao ponto de pegar o doce com a colher.

Enfeite com coco ralado e fatias finas de mamão e sirva com sorvete de creme. O doce também ser usado como recheio de crepes.

By Joemir Rosa.

Gelatina de manga

Posted in Receitas with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 20/07/2013 by Joe

Gelatina de manga

Gelatina é uma sobremesa que quase todo mundo gosta. Ela é bem fácil de preparar, combina com vários pratos e pode ser encontrada em diversas cores e sabores.

Mas aí pinta uma dúvida? Você sabe do que é feita a gelatina? Não? Então prepare-se porque, acredito, algumas pessoas vão torcer o nariz quando souberem a sua origem!

A gelatina é produzida a partir da pele, ossos, tendões e fibras que unem músculos aos ossos de porcos e bois! Eca, né? Essa ideia pode não parecer muito apetitosa, mas faz sentido quando paramos pra analisar e vemos que a gelatina é um tipo de proteína chamada colágeno e que existe em grande quantidade nessas partes do corpo dos animais, além do nosso próprio.

É sempre bom lembrar os benefícios que o colágeno (além da queratina e proteínas encontradas nessas partes dos porcos e bois) possui e auxilia na prevenção de dores nas articulações, combate a flacidez, impede a deformação dos ossos, auxilia em dietas, fortalece cabelos e unhas, fortalece os ossos, auxilia na cicatrização e previne o organismo contra doenças como a artrose e a osteoporose. Sua composição contém nove dos dez aminoácidos que o organismo necessita. Não possui gordura, colesterol e nem contra-indicações, devendo ser consumida, no mínimo, 250 ml por dia.

Para virar gelatina, essa pele, tendões e ossos de porcos e bois passam por um processo um tanto longo. Lavados e fervidos (para tirar a gordura), ficam de molho numa solução ácida ou alcalina para que as moléculas do colágeno sejam quebradas em pedaços menores, permitindo que se torne solúvel.

Depois é preciso submetê-los à secagem, formando as folhas de gelatina. Trituradas, essas folhas viram pó e, depois de misturadas a açúcar, corantes e aromatizantes, vão para os supermercados em saquinhos e viram sobremesas deliciosas!

E, por falar em sobremesa deliciosa, bem simples de preparar, saborosíssima, nutritiva, além de um visual muito lindo.

Gelatina de manga

Ingredientes

2 pacotes de gelatina em pó branca, sem sabor
1/3 de xícara (chá) de água para dissolver a gelatina
6 mangas descascadas cortadas em pedaços
1 ½ xícara (chá) de água
1 xícara (chá) de açúcar
1 xícara (chá) de creme de leite

Modo de preparo

Dissolva as gelatinas na água, em banho-maria, mexendo bem até que estejam bem diluídas.

Bata a manga com a água no liquidificador. Passe por uma peneira, acrescente ½ xícara do açúcar e misture bem. Numa tigela, coloque cinco xícaras da mistura de manga, junte a gelatina e o creme de leite. Mexa bem até ficar homogêneo. Despeje numa forma de 25 cm de diâmetro untada com óleo e deixe na geladeira até firmar. Desenforme e reserve.

Misture a manga e o açúcar restantes e use como calda ao servir.

By Joemir Rosa.

Mousse de uva

Posted in Receitas with tags , , , , , , , on 20/04/2013 by Joe

Mousse de uva

Em posts passados eu comentei sobre a origem da mousse, listei os benefícios da gelatina, publiquei diversas receitas (use o Busca no Blog para encontrá-las), todas muito simples e rápidas de preparar.

Hoje eu trago uma receita igualmente simples, fácil de preparar e muito deliciosa. A variação fica por conta do suco de frutas, que pode ser substituído por outros sabores!

Mousse de uva

Ingredientes

250 ml de suco de uva tinto integral
1 pacote de gelatina sabor uva
6 claras batidas em neve
10 colheres de sopa de açúcar
01 lata de creme de leite

Para a calda

250 ml de suco de uva tinto
5 colheres de sopa de açúcar
2 colheres de amido de milho

Modo de preparo

Ferva o suco de uva, desligue o fogo e dissolva a gelatina, misturando bem. Reserve.

Bata as claras em neve e vá adicionando o açúcar aos poucos. Junte o suco de uva com a gelatina e as claras em neve. Acrescente o creme de leite e misture tudo muito bem.

Coloque em uma forma redonda, untada com manteiga e leve à geladeira para endurecer.

Prepare a calda, levando ao fogo todos os ingredientes para calda, mexendo bem até engrossar suavemente. Quando a calda estiver morna, retire o mousse da geladeira, desenforme e despeje a calda sobre ele.

By Joemir Rosa.

Maria-Mole de coco queimado

Posted in Receitas with tags , , , , , , , , , , , on 17/11/2012 by Joe

Maria-mole é uma sobremesa tipicamente brasileira preparada com açúcar, claras de ovos e gelatina incolor, com cobertura de coco. Sua consistência é muito similar ao marshmallow, porém, sem ser pegajosa.

Conta a história que esse doce teria sido criado por um fabricante de doces, descendente de italianos, chamado Antonio Bergamo. Na tentativa de aproveitar claras de ovos que sobravam do preparo de outros doces, ele conseguiu um suspiro mais consistente adicionando gelatina à receita.

Após esfriar, ele verificou que, ao contrário das suas expectativas, o doce não havia endurecido, ficando meio mole. Daí surgiu o nome Maria-Mole.

Como eu já havia comentado anteriormente, quando publiquei a receita do Pudim de Maria-Mole, esse doce tem gosto de infância. Desde aquelas que a gente comprava nas quitandas do bairro e vinha com um brinquedinho, até as que eram feitas em casa, grandonas e com bastante coco ralado!

Espero que gostem deste doce simples, fácil e rápido de preparar, lembrando que existem variações no preparo desta sobremesa, inclusive algumas em que não se utilizam claras de ovos.

Maria-mole de coco queimado

Ingredientes

2 pacotes de coco ralado (200 g)
6 ovos (somente as claras)
2 xícaras (chá) de açúcar
2 envelopes de gelatina incolor (24 g)
água para hidratar a gelatina

Modo de preparo

Em uma frigideira, doure o coco ralado e reserve.

Em uma tigela, misture as claras de ovos, o açúcar e leve ao fogo em banho-maria. Quando a água começar a ferver, mexa sem parar durante um minuto. Retire a tigela do banho-maria e leve à batedeira, começando em velocidade baixa, aumentando à medida que for encorpando. Bata durante 5 minutos.

Sem parar de bater, junte a gelatina hidratada e dissolvida de acordo com as instruções da embalagem. Bata por mais 5 minutos.

Em uma assadeira untada com margarina e polvilhada com metade do coco reservado, despeje a maria-mole. Por cima, polvilhe o restante do coco e leve à geladeira por 4 horas.

Corte em quadrados e sirva.

Sugestões

1. utilize coco ralado fresco, se preferir.
2. substitua o coco por chocolate granulado.
3. use gelatinas coloridas na mistura da maria-mole para dar cores ao doce.
4. corte em outros formatos.

By Joemir Rosa.

Panna Cotta

Posted in Receitas with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 11/08/2012 by Joe

Panna cotta (ou pannacotta) é um prato típico italiano, proveniente da região italiana de Piemonte. O nome, panna cotta, significa creme ou nata cozida. Trata-se de um doce muito parecido com o famoso flan na sua forma, embora sua textura lembre a de uma gelatina.

Contam, porém, que a origem dessa sobremesa é incerta. A principal versão, no entanto, diz que o doce teria sido inventado por uma descendente de húngaros no início do século XX, na sub-região piemontesa de Langhe.

Em sua elaboração entram nata de leite, açúcar, gelatina e especiarias, principalmente canela. Na receita original da panna cotta, o prato era aromatizado apenas com baunilha, mas algumas receitas regionais incluem rum ou Marsala (um vinho fortificado siciliano) no creme que forma o pudim. No Piemonte, o doce pode ir à mesa puro ou, como é comum nos restaurantes, com calda de frutas.

De certa forma, a panna cotta pode ser vista hoje mais como uma técnica do que como um doce específico, já que vem servindo de base para que chefs do mundo todo criem sobremesas que fogem bastante da receita tradicional italiana.

Panna cotta

Ingredientes

1 litro de creme de leite
1 pacote (12 g) de gelatina incolor e sem sabor
½ xícara (chá) de água
1 xícara (chá) de açúcar
1 colher (chá) de canela em pó

Modo de preparo

Leve ao fogo baixo o creme de leite, o açúcar e a canela, deixando aquecer bem. Reserve.

Dissolva a gelatina na água fria e leve ao fogo para dissolver.

Em seguida, bata no liquidificador o creme de canela com a gelatina, por dois minutos. Disponha em um refratário ou em forminhas levemente untadas com óleo e leve para gelar por duas horas. Decore a gosto, com calda caramelo ou de frutas.

Se preferir servir com calda de frutas, por exemplo, lave bem uns vinte morangos, junte quatro colheres de açúcar e leve ao fogo em uma panela, misturando bem até dissolver, acrescentando algumas colheres de água quando necessário para que a mistura não resseque e se transforme em geléia. Leve a calda à geladeira e despeje-a sobre o pudim no momento de servir.

Você pode preparar outras caldas com frutas de sua preferência.

By Joemir Rosa.

%d blogueiros gostam disto: