Arquivo para Criatividade

O quilômetro extra

Posted in Comportamento with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 30/06/2014 by Joe

Quilômetro extra

Há pessoas que vivem “se economizando”. Fazem apenas e tão somente a sua “tarefa”. Não se comprometem nem um pouco além da sua “súmula básica de atribuições” e o que foi “estritamente estipulado no contrato”. Não andam nem um quilômetro extra e por isso não têm sucesso, não vencem na vida.

Andar o quilômetro extra, acredite, é o grande segredo dos vencedores. E isto é fácil de compreender. São muito poucas as pessoas que andam esse quilômetro extra e, justamente nesse quilômetro, é que a estrada (da vida) é mais vazia. Sendo mais vazia, com menos “tráfego”, essas pessoas podem “correr mais”, desenvolver uma maior velocidade e, portanto, chegar sempre na frente, chegar sempre primeiro ao sucesso.

Pessoas que não andam o quilômetro extra vivem no trânsito congestionado onde estão todos os “comuns” e mesmo os “medíocres”. Vivem portanto, dando “trombadas” nas outras pessoas e podem mesmo ficar “paradas” nesse congestionamento chegando sempre tarde, sempre atrasadas. E como estão (e são) atrasadas, são pessoas nervosas, irritadas, com baixa criatividade e inovação.

Nesta semana, faça uma autoanálise e veja se você não é do tipo que vive no congestionamento das pessoas comuns que se economizam e que não andam o quilômetro extra que leva ao sucesso. Faça isso para o seu próprio bem!

Lembre-se: num mundo competitivo e dinâmico em que vivemos, a velocidade é essencial. E só poderemos imprimir velocidade à nossa vida quando a estrada é segura, livre e sem congestionamentos que nos fazem perder tempo.

Pense nisso. Ande o quilômetro extra! Vá além! E… sucesso!

By Professor Luiz Marins.

Os dois lados do cérebro

Posted in Ciência with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 08/06/2014 by Joe

Os Dois Lados do Cérebro

Nosso cérebro é composto de dois lados: o esquerdo e o direito! Cada um desses lados é responsável por diversas atividades.

O lado esquerdo do cérebro poderia se auto-descrever assim:

“Eu sou o lado esquerdo do cérebro. Eu sou um cientista. Um matemático. Eu amo o que é familiar. Eu categorizo. Eu sou preciso. Linear. Analítico. Estratégico. Eu sou prático. Sempre no controle. Um mestre das palavras e da linguagem. Realista. Eu calculo equações e brinco com números. Eu sou ordem. Sou lógico. Eu sei exatamente quem eu sou.”

Portanto, é o responsável pelo pensamento lógico!

Já o lado direito do cérebro diria:

“Eu sou o lado direito do cérebro. Eu sou a criatividade. Um espírito livre. Eu sou paixão. Saudade. Sensualidade. Eu sou o som de gargalhadas. Eu sou o gosto. A sensação de areia embaixo de pés descalços. Eu sou movimento. Cores vivas. Eu sou o desejo de pintar sobre uma tela vazia. Eu sou a imaginação sem limites. Arte. Poesia. Eu sinto. Eu sou tudo o que eu queria ser.”

É o lado gerador da criatividade!

Baseado nessas premissas, acesse o link abaixo, faça um teste de 30 segundos e descubra qual o lado dominante do seu cérebro:

http://pt.sommer-sommer.com/teste-cerebro/

Depois, se quiser, comente o que achou do teste e o resultado!

Agora que você já descobriu qual o lado dominante do seu cérebro, saiba que a ciência já comprovou que é possível estimular ambos os lados, proporcionando pensamentos mais complexos e inovadores.

Alguns exercícios para estimular os dois lados podem ser feitos a partir de algumas atitudes:

1. Capture novas ideias

Preste atenção ao seu redor e colete ideias e inspiração a partir do seu dia a dia. Tente se inspirar quando estiver lendo jornais, revistas, assistindo programas de televisão ou um filme, etc. Instale aplicativos em seu smartphone como o Evernote, por exemplo, que facilita a anotação de ideias – além de salvar o arquivo tanto no seu celular quanto no seu computador. Depois de coletar um volume considerável de ideias, compartilhe-as com seus colegas de trabalho. Dessa forma, o brainstorm terá muito mais efeitos positivos.

2. Desafie-se

Tente realizar tarefas que ampliem a sua área de conforto. Inscreva-se em um curso de idiomas e aprenda uma nova língua, etc. Crie oportunidades para que você possa ultrapassar barreiras e estimular o seu cérebro.

3. Aumente o seu conhecimento

A inovação pode surgir de qualquer lugar. Portanto, invista em cursos de especialização ou de alguma área que você ache interessante. Não limite o seu conhecimento à sua área de atuação e abra a sua mente para novos conceitos e ideias – nunca se sabe de onde virá uma ideia inovadora.

4. Conheça novas pessoas e lugares

Não fique no “mesmismo” e conheça novas pessoas e lugares. Ao invés de fazer seu trabalho de faculdade no seu quarto, leve o seu notebook até uma biblioteca, por exemplo. Quando for a uma festa, converse com outras pessoas e crie novas amizades. Ao fazer isso, você estará sempre estimulando o seu cérebro a absorver novas informações e se adaptando a novas situações.

Faça isto e amplie seus horizontes mentais!

Leia mais sobre os dois lados do nosso cérebro no link abaixo:

https://demodelando.wordpress.com/2009/10/21/uma-mente-dois-cerebros

By Joemir Rosa.

Atitudes que drenam energias

Posted in Inspiração with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 04/06/2014 by Joe

Atitudes que drenam energia

Às vezes você se sente cansado, esgotado e não sabe o porquê?

Então, está na hora de avaliar se suas atitudes e pensamentos não estão influenciando a sua saúde física, emocional e mental.

Leia e reflita sober os tópicos abaixo e depois avalie como têm sido suas atitudes e pensamentos… e mude-os!!

1. Pensamentos obsessivos

– Pensar gasta energia e todos nós sabemos disso. Ficar remoendo um problema cansa mais do que um dia inteiro de trabalho físico. Quem não tem domínio sobre seus pensamentos – mal comum ao homem ocidental – torna-se escravo da mente e acaba gastando a energia que poderia ser convertida em atitudes concretas, além de alimentar ainda mais os conflitos. Não basta estar atento ao volume de pensamentos, é preciso prestar atenção à qualidade deles. Pensamentos positivos, éticos e elevados podem recarregar as energias, enquanto o pessimismo consome energia e atrai mais negatividade para nossas vidas.

2. Sentimentos tóxicos

– Choques emocionais e raiva intensa também esgotam as energias, assim como ressentimentos e mágoas nutridos durante anos seguidos. Não é à toa que muitas pessoas ficam estagnadas e não são prósperas. Isso acontece quando a energia que alimenta o prazer, o sucesso e a felicidade é gasta na manutenção de sentimentos negativos. Medo e culpa também gastam energia e a ansiedade descompassa a vida. Por outro lado, os sentimentos positivos como a amizade, o amor, a confiança, o desprendimento, a solidariedade, a autoestima, a alegria e o bom-humor recarregam as energias e dão força para empreender nossos projetos e superar os obstáculos.

3. Maus hábitos e falta de cuidados com o corpo

– Descanso, boa alimentação, hábitos saudáveis, exercícios físicos e o lazer são sempre colocados em segundo plano. A rotina corrida e a competitividade fazem com que haja negligência em relação a aspectos básicos para a manutenção da saúde energética.

4. Fugir do presente

– As energias são colocadas onde a atenção é focada. O homem tem a tendência de achar que no passado as coisas eram mais fáceis: “bons tempos aqueles!”, costumam dizer. Tanto os saudosistas, que se apegam às lembranças do passado, quanto aqueles que não conseguem esquecer os traumas, colocam suas energias no passado. Por outro lado, os sonhadores ou as pessoas que vivem esperando pelo futuro, depositando nele sua felicidade e realização, deixam pouca ou nenhuma energia no presente. E é apenas no presente que podemos construir nossas vidas.

5. Falta de perdão

– Perdoar significa soltar ressentimentos, mágoas e culpas. Libertar o que aconteceu e olhar para frente. Quanto mais perdoamos, menos bagagem interior carregamos, gastando menos energia ao alimentar as feridas do passado. Mais do que uma regra religiosa, o perdão é uma atitude inteligente daquele que busca viver bem e quer seus caminhos livres, abertos para a felicidade. Quem não sabe perdoar os outros e a si mesmo, fica ”energeticamente obeso”, carregando fardos passados.

6. Mentira pessoal

– Todos mentem ao longo da vida, mas para sustentar as mentiras muita energia é gasta. Somos educados para desempenhar papéis e não para sermos nós mesmos: a mocinha boazinha, o machão, a vítima, a mãe extremosa, o corajoso, o pai enérgico, o mártir e o intelectual. Quando somos nós mesmos, a vida flui e tudo acontece com pouquíssimo esforço.

7. Viver a vida do outro

– Ninguém vive só e, por meio dos relacionamentos interpessoais, evoluímos e nos realizamos; mas é preciso ter noção de limites e saber amadurecer também a nossa individualidade. Esse equilíbrio nos resguarda energeticamente e nos recarrega. Quem cuida da vida do outro, sofrendo seus problemas e interferindo mais do que é recomendável, acaba não tendo energia para construir sua própria vida. O único prêmio, nesse caso, é a frustração.

8. Bagunça e projetos inacabados

– A bagunça afeta muito as pessoas, causando confusão mental e emocional. Um truque legal quando a vida anda confusa é arrumar a casa, os armários, gavetas, a bolsa e os documentos, além de fazer uma faxina no que está sujo. À medida em que ordenamos e limpamos os objetos, também colocamos em ordem nossa mente e coração. Pode não resolver o problema, mas nos dá alívio. Não terminar as tarefas é outro “escape” de energia. Todas as vezes que você vê, por exemplo, aquele trabalho que não concluiu, ele lhe “diz” inconscientemente: “você não me terminou! Você não me terminou!” Isso gasta uma energia tremenda. Ou você a termina ou livra-se dela e assuma que não vai concluir o trabalho. O importante é tomar uma atitude. O desenvolvimento do autoconhecimento, da disciplina e determinação farão com que você não invista em projetos que não serão concluídos e que apenas consumirão seu tempo e energia.

9. Afastamento da natureza

– A natureza, nossa maior fonte de alimento energético, também nos limpa das energias estáticas e desarmoniosas. O homem moderno, que habita e trabalha em locais muitas vezes doentios e desequilibrados, vê-se privado dessa fonte maravilhosa de energia. A competitividade, o individualismo e o estresse das grandes cidades agravam esse quadro e favorecem o vampirismo energético, onde todos sugam e são sugados em suas energias vitais. Pise no chão, na terra, na grama. Banhos de cachoeiras são ótimos para reabastecermo-nos!

10. Preguiça e negligência

– E falta de objetivos na vida. Esse ítem não requer muitas explicações: negligência com a sua vida denota também negligência com seus dons e potenciais e, principalmente, com sua energia vital. Aquilo do que você não cuida, alguém vem e leva embora. O resultado: mais preguiça, moleza, sono…

11. Fanatismo

– Passa um ventinho e a pessoa diz “Ai meu Deus! Tem energia ruim aqui!” Alguém olha para você e logo você fala “Oh! Céus, ela está morrendo de inveja de mim!” Enfim, tudo é espírito ruim, tudo é energia do mal, tudo é coisa do outro mundo. Essas pessoas fanáticas e sugestionáveis também adoram seguir “mestres e gurus” e depositar neles a responsabilidade por seu destino e felicidade. É fácil, fácil, manipular gente assim e não só em termos de energia, mas também em relação à conta bancária!

12. Falta de aceitação

– Pessoas revoltadas com a vida e consigo mesmas, que não aceitam suas vidas como elas são, que rejeitam e fazem pouco caso daquilo que têm. Esses indivíduos vivem em constante conflito e fora do seu eixo. E, por não valorizarem e não tomarem posse dos seus tesouros – porque todos nós temos dádivas – são facilmente ‘roubáveis’. O importante é aprender a aceitar e agradecer tudo o que temos (não confundir com acomodação). Quando você agradece e aceita fica em estado vibracional tão positivo que a intuição e a criatividade são despertadas. Surgem, então, as possibilidades de transformar a vida para melhor!

Desconheço a autoria.

A vida é um espelho

Posted in Inspiração with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 10/02/2014 by Joe

A vida é um espelho

A maioria das pessoas acredita estar sempre com a razão e passa grande parte da vida provando que sua atitude é realmente a correta.

O vencedor muda a si mesmo sem querer modificar o comportamento do próximo. Vive a alegria agora, sem ficar esperando o dia para ser feliz, e realiza o seu sonho, sem incomodar-se com os sonhos dos demais.

Passamos a maior parte da nossa vida escutando a palavra “não”. Você não pode fazer isto, você não é capaz, você não tem o direito de fazer isto ou aquilo e assim por diante. O “não” foi aplicado em grande escala, fato que levou nossa mente a percorrer os vários caminhos da inferioridade, como se fosse hábito adquirido ou coisa simples e normal.

É hora de reverter este processo! Redescobrir-se como pessoa, o ser humano que tem todo o direito de ser feliz. A felicidade e a conquista são bens em abundância no universo e disponíveis a todos que se harmonizam com ele.

Negócios! Sagrado é o instante em que dois indivíduos fazem uso de sua consciência na tentativa de estabelecer uma troca que otimiza o ganho para os dois e a perda para ninguém.

Goethe descreve a arquitetura como “música congelada” e, para os sábios, o dinheiro é “trabalho congelado”.

A vida é um espelho. O que você acha de bom nos outros está também em você. Os defeitos que você acha nos outros são os seus defeitos também. A beleza que vê ao seu redor é sua beleza. Doe aos outros e estará doando a si mesmo. Aprecie a beleza e será belo. Admire a criatividade e será criativo. Ame e será amado. Procure compreender e será compreendido. Ouça e sua voz será ouvida. Ensine e aprenderá.

Mostre ao espelho sua melhor face! Ficará feliz com o que ele vai lhe mostrar. Veja o melhor nos outros e será uma pessoa melhor. Ouvindo as nossas intuições podemos escutar, com precisão, a voz que vem de dentro: A Voz do Coração! Nunca deixe de fazer algo de bom quando ele lhe pedir. O tempo poderá passar… e a oportunidade também!

Meta, buscamos.

Caminhos, achamos.

Desafios, enfrentamos.

Vida, inventamos.

Saudades, “matamos”.

Sonhos, realizamos.

Quer ser feliz por um instante? Vingue-se. Quer ser feliz para sempre? Perdoe!

By Regis Vianna.

Pão recheado gratinado

Posted in Receitas with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 12/10/2013 by Joe

Pão recheado

Sábado à noite, amigos reunidos para um bate-papo ou um joguinho de cartas, um bom vinho e um tira-gosto delicioso!

A origem do termo tira-gosto se perde no tempo. A criatividade e os ingredientes disponíveis é que iriam determinar a qualidade e o sabor desses “aceleradores” da fome!

Muitas receitas foram criadas, a maior parte delas dentro de casa, e hoje, com a expansão dos barzinhos e de concursos anuais como o “Comida de Boteco”, é cada vez mais comum encontrarmos pratos bem elaborados, deliciosos!

Pena que os pratos mais clássicos acabam se perdendo no tempo, ou ficando restritos à bares e botecos nas periferias.

O que não podemos negar é que o tira-gosto é mesmo uma presença obrigatória como acompanhamento de uma cerveja bem gelada ou um bom vinho, por exemplo.

Depois de publicar algumas receitas de pratos que funcionam bem como tira-gosto, como os bolinhos de bacalhau, o falafel, a bloomin’ onion, as batatinhas-aperitivo, só pra darmos alguns exemplos, trago uma que também deve agradar a todos os paladares!

Como eu sempre comento, é possível variar os ingredientes das receitas e adaptá-las ao gosto de cada um.

Espero que esta também agrade!

Pão recheado gratinado

Ingredientes

12 cogumelos fatiados
1 colher (sopa) de manteiga
1 colher (sopa) de tomilho fresco picado
1 pão italiano
200 g de queijo provolone em cubinhos
1/2 xícara manteiga derretida
1/2 xícara cebolinha finamente picada
2 colheres (chá) de gergelin torrado

Modo de preparo

Pré-aqueça o forno. Corte o pão em xadrez, sem cortar até o fim. Coloque-o em uma assadeira de alumínio. Vá colocando os cubinhos de queijo provolone entre os diversos cortes, usando os dedos para empurrá-los para dentro do pão.

Aqueça uma frigideira média e adicione a manteiga. Quando ela derreter, adicione os cogumelos e deixe cozinhar por uns 4 minutos. Adicione o tomilho e deixe cozinhar mais uns 3 minutos. Feche o fogo e, com a ajuda de uma colher, coloque os cogumelos entre os cortes do pão. Por último, regue o pão com a manteiga derretida. Embrulhe em papel alumínio, coloque na assadeira e asse em forno pré-aquecido a 160 graus por 15 minutos.

Tire o papel de alumínio e leve de volta ao forno por mais 10 minutos, ou até que o queijo esteja derretido e o pão gratinado. Espalhe a cebolinha picada e o gergelim sobre o pão e sirva!

Sugestões: fica ótimo também acrescentar bacon torradinho, azeitonas, tomates picados, alho frito torrado, cebolas ligeiramente fritas. Varie o queijo.

By Joemir Rosa.

Qual a sua especialidade?

Posted in Inspiração with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 26/09/2013 by Joe

Especialidade

Não importa qual é a sua especialidade, exerça-a! Você têm dons. Use-os!

As coisas que você sabe fazer bem são as coisas que lhe dão prazer. São coisas que desafiam sua criatividade. São essas as coisas que lhe motivam a aprender, experimentar, tentar, perseverar e crescer. Elas lhe dão satisfação e um real sentimento de conquista.

Encontre uma maneira de fazer bem feito o que você faz. Isso não significa necessariamente que você deva arrumar outro emprego, ou começar seu próprio negócio. Incorpore seus dons especiais em tudo o que você já vem fazendo, onde quer que você esteja, qualquer que seja o contexto.

Você é único e tem a experiência que ninguém mais tem. Tem talentos especiais, habilidades e uma perspectiva singular. Outras pessoas podem se beneficiar do que você tem. Procure uma maneira de fazer uma contribuição única e você deixará fluir o poder e a satisfação que já são parte de você.

Vale a pena!!!

Desconheço a autoria.

Crise existencial

Posted in Inspiração with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 01/05/2013 by Joe

Depressão

Existem momentos na vida em que você tem vontade de… nada!

A vida está lá fora acontecendo, você no meio da bagunça do seu refúgio e o pensamento longe… Reflexão. O seu interior tumultuado e você naquela inércia, esperando sabe-se lá o que…

O coração apertado, a alma confusa e vem aquela vontade de viver; não aquela rotina do dia-a-dia, mas emoções intensas, fazer a diferença, respirar a plenitude. Conflitos, caminhos que tomamos ao longo do tempo, escolhas. Decisões. Alguns arrependimentos. Lembranças de instantes felizes…

Recordações de insights, uma lágrima cai e o silêncio… tão cheio de significados! O brilho de um olhar, palavras eternas e a saudade preciosa. O tempo para e a música tão envolvente faz sonhar estrelas… Pequenos diamantes no céu iluminando o amor que mora no coração dos homens.

Despertar a fé. Sempre é tempo de atravessar a fronteira do lugar comum e se permitir a transparência. Deixar aflorar o talento natural e buscar a raiz do autoconhecimento. A imaginação corre leve como a brisa da primavera e a doçura invade o ar.

Acreditar em você mesmo. Buscar soluções no bom senso. Que o sucesso é uma consequência natural somente se temos a intenção de realizar mudanças positivas. Entender que nós somos cem por cento responsáveis pela nossa vida. Transformações de 180º.

Todas as experiências são válidas, o aprendizado é infinito e a força interior desperta a sensibilidade do ser humano. Visões que dias melhores virão. Criatividade em ação. Sintonia de pensamentos e as maravilhosas sincronicidades da vida.

Para que as sensações de felicidade, paz e equilíbrio sejam uma constante em todos os momentos. A mágica acontece, basta você desejar e dar o primeiro passo. Abra as janelas da alma para o amor! Siga a sua intuição…

Bons momentos: ar puro, integração homem-natureza, contraste luz e sombra, simplicidade, harmonia. A paisagem com performance de quadro. Tons terrosos, texturas mil. Minimalismo. Tons de verde e o colorido das flores trazendo equilíbrio à nossa mente. Imagem que remete ao inconsciente. O infinito à nossa espera. Energia fluindo… Essência da Vida!

By Mon Liu.

%d blogueiros gostam disto: