Arquivo para Colheita

Posted in Inspiração with tags , , , , , , , , , , , , , , , , on 23/06/2015 by Joe

Fé

O bom de ter a fé ao alcance dos sonhos e da alma é que, se hoje não deu, amanhã tem mais: mais de mim, mais de nós, mais de tudo o que é vivo, de tudo o que é novo, de tudo o que esbarra em Deus e que a cada instante, sobre todas as coisas, deixa uns fios de esperança preparando a próxima colheita, o próximo encontro.

Não existe nada mais acolhedor que a bonita certeza de que tudo passa só pra nos fazer enxergar a tal vida com os olhos sinceros do coração, com os sentidos aguçados e com um amor reinventado que transforma tudo o que vê.

By Priscila Rôde.

Sonhos não envelhecem…

Posted in Inspiração with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 19/09/2013 by Joe

Sonhos não envelhecem

A vida é fruto da decisão de cada momento. Talvez seja por isso que a ideia de plantio seja tão reveladora sobre a arte de viver. Viver é plantar. É atitude de constante semeadura, de deixar cair na terra de nossa existência as mais diversas formas de sementes.

Cada escolha, por menor que seja, é uma forma de semente que lançamos sobre o canteiro que somos. Um dia, tudo o que agora silenciosamente plantamos, ou deixamos plantar em nós, será plantação que poderá ser vista de longe. Para cada dia, o seu empenho. A sabedoria bíblica nos confirma isso, quando nos diz que “debaixo do céu há um tempo para cada coisa”!

Hoje, neste tempo que é seu, o futuro está sendo plantado. As escolhas que você procura, os amigos que você cultiva, as leituras que você faz, os valores que você abraça, os amores que você ama, tudo será determinante para a colheita futura.

Felicidade talvez seja isso: alegria de recolher da terra que somos, frutos que sejam agradáveis aos olhos! Infelicidade, talvez seja o contrário. O que não podemos perder de vista é que a vida não é real fora do cultivo. Sempre é tempo de lançar sementes, sempre é tempo de recolher frutos. Tudo ao mesmo tempo. Sementes de ontem, frutos de hoje, Sementes de hoje, frutos de amanhã!

Por isso, não perca de vista o que você anda escolhendo para deixar cair na sua terra. Cuidado com os semeadores que não lhe amam. Eles têm o poder de estragar o resultado de muitas coisas. Cuidado com os semeadores que você não conhece. Há muita maldade escondida em sorrisos sedutores. Cuidado com aqueles que deixam cair qualquer coisa sobre você; afinal, você merece muito mais que qualquer coisa. Cuidado com os amores passageiros. Eles costumam deixar marcas dolorosas que não passam. Cuidado com os invasores do seu corpo. Eles não costumam voltar para ajudar a consertar a desordem. Cuidado com os olhares de quem não sabe lhe amar. Eles costumam lhe fazer esquecer que você vale à pena. Cuidado com as palavras mentirosas que esparramam por aí. Elas costumam estragar o nosso referencial da verdade. Cuidado com as vozes que insistem em lhe recordar os seus defeitos. Elas costumam prejudicar a sua visão sobre si mesmo.

Não tenha medo de se olhar no espelho. É nessa cara safada que você tem, que Deus resolveu expressar, mais uma vez, o amor que Ele tem pelo mundo. Não desanime de você, ainda que a colheita de hoje não seja muito feliz. Não coloque um ponto final nas suas esperanças. Ainda há muito o que fazer, ainda há muito o que plantar e o que amar nessa vida.

Ao invés de ficar parado no que você fez de errado, olhe para frente e veja o que ainda pode ser feito. A vida ainda não terminou. E já dizia o poeta “que os sonhos não envelhecem…”

Sorriso no rosto e firmeza nas decisões.

By Padre Fábio de Melo.

Desejo e frustração

Posted in Reflexão with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 01/10/2012 by Joe

Somos movidos por desejos. Isto Freud já dizia há mais de 100 anos e seguimos assim.

Processo natural que nos convida à ação e ao caminhar na vida. Entretanto, é importante perceber até que ponto este desejo é pautado em uma lógica de querer algo que nos beneficie efetivamente ou, simplesmente, um desejo pautado na busca da satisfação de um ego vaidoso.

Na segunda hipótese, o resultado é sempre a frustração pois, na verdade, o desejo não é pela realização em si, mas sim, para nos colocarmos diante do olhar do outro de forma a satisfazer nossa vaidade. Simplesmente se quer aquilo sem ao menos ter condição de realizá-lo. Quer algo sem ao menos ter feito por onde merecer e, por vezes, nem merecemos o que queremos. Mas o ego é cego para a sensatez, ele quer e pronto, é uma verdade só sua, assim como será a frustração de não conseguir.

Toda realização requer planejamento antes da ação, sendo que esta ação deve vir acompanhada pelo senso de competência e merecimento em realizá-la.

Ser adulto é saber de seus limites. Traçar planos claros e possíveis, e não querer os céus por achar que somos os melhores do mundo ou escolhidos por uma força divina. Como dizem no popular: “menos”.

O céu é o limite sim, mas faça por onde e não apenas deseje e querendo que o universo conspire a seu favor sem que você tenha feito nada para que isto acontecesse. Isto é sensatez e pé no chão. E é partindo do chão que se alça vôo, mas primeiro, prepare suas asas. Are a terra, semeie e depois, sim, aguarde a colheita.

Só para registro e reflexão.

Fecha o pano.

By Fernando Martins.

Toda experiência é um sucesso

Posted in Inspiração with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 31/07/2012 by Joe

Afinal, o que significa “fracasso”? Talvez algo não saiu da forma que queria ou esperava? A lei da experiência é sempre perfeita. O que pensamos, criamos com perfeição. Você deve ter saltado uma etapa ou tem uma crença interior que lhe disse que você não merecia o sucesso ou o faz se sentir indigno dele.

O mesmo acontece quando trabalhamos no computador. Se algo sai errado, a culpa é só nossa. Fizemos, ou não, alguma coisa que consta das leis do computador. O erro apenas significa que temos mais a aprender.

Existe grande verdade no velho conselho que diz: “Se você não for bem-sucedido no início, tente, tente de novo”. Todavia, isso não significa se maldizer e tentar da mesma forma que não deu certo, mas sim reconhecer o erro e procurar fazer de um outro jeito – até aprender o modo correto.

Creio que temos o direito natural de progredir de sucesso em sucesso, e se isso não está ocorrendo é porque não estamos afinados com nossas capacidades inatas, não acreditamos que isso seja válido para nós ou não tomamos consciência de nossos êxitos.

Quando estabelecemos modelos elevados demais para o ponto em que estamos no momento, que de forma alguma podem ser atingidos agora, sempre fracassamos.

Quando uma criança está aprendendo a andar ou falar, nós a incentivamos e elogiamos a cada pequenina melhora que consegue. Ela reage com alegria e tenta ansiosamente fazer melhor na outra vez. É assim que você se incentiva quando está aprendendo algo de novo? Ou será que torna tudo mais difícil de aprender porque se diz que é burro, desajeitado ou um “fracasso”?

Muitos atores e atrizes acham que têm de desempenhar seus papéis com perfeição desde o primeiro ensaio, esquecendo que o propósito do ensaio é o aprendizado. Ele é o período de tempo em que erros podem ser cometidos, em que se procura aprender e tentar novas maneiras. Somente com a prática podemos aprender o novo e transformá-lo numa parte natural de nós. Quando observamos um exímio profissional atuando numa determinada área, estamos olhando para inúmeras horas de treinamento.

Não faça o que muitos costumam fazer, recusando tentarem qualquer coisa nova por não saber como executá-la, por não quererem parecer tolos. Aprender é cometer erros até que nosso subconsciente junte as peças para formar o quadro correto.

Não importa a quanto tempo você vem se considerando um fracasso. Comece a criar um padrão “sucesso” agora. Seja qual for a área em que você atue, os princípios são os mesmos. Precisamos plantar as “sementes” do sucesso. Elas germinarão e resultarão numa colheita abundante.

By Louise Hay.

Você é a sua própria cura

Posted in Saúde with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 04/08/2011 by Joe

Saber pensar faz toda a diferença. Esta ação emite uma energia/frequência ao cosmos. E a onda funciona como um ímã que vai atrair um sinal semelhante. Sabendo pensar e aplicar corretamente, inicia-se adequadamente o processo de nosso plantio.

Efetivamente, portanto, está ao nosso alcance mudar o ciclo energético de nossas colheitas através do controle que daremos às nossas emoções, administrando-o como e o que pensamos. Na maioria das vezes só nós estamos sentindo alguma coisa e esquecemos que os que estão a nossa volta nada sabem de nosso interior. Portanto:

– Jamais faça uma oração, mantra, reza ou canto sem sentir a profundidade e a emoção do que está fazendo.

– Nunca se sinta culpado por dizer “não” quando seu coração exigir que assim seja. O contrário é absolutamente verdadeiro. Isso não é egoísmo, é auto-estima!

– Pré-julgar é sentimento fraco e tudo o que se projeta volta. Não quer ser julgado? Pare de julgar.

– Seus medos são frutos exclusivos de sua imaginação. Você os criou. Você os elimina. A agressividade é uma forma de esconder o medo oculto.

– Nunca comece um projeto analisando primeiro as dificuldades. Você vai esquecer das facilidades. Não se constrói o futuro com pessimismo.

– Todo ser humano tem algo de bom. Se ele não demonstra isso é porque já plantou e colheu muitas desavenças, ficou ácido.

– Se suas colheitas não são boas, mude o plantio.

– Viva o presente. Ele não tem este nome por acaso.

– Quem disfarça pessimismo, achando que isso se chama cautela, já morreu e ainda não descobriu.

– Nunca dê nada sem que te peçam. Quem tem pouco, um dia já pode ter tido muito e não soube usar. Agora tem que aprender com o que tem.

– Não diga “Não sou o que as pessoas acham que sou”. Errado! Você é exatamente como as pessoas te veem. Só pensar diferente não resolve, é preciso atitude. Você certamente pensa uma coisa e faz outra.

– Querer ser outra pessoa é o começo da virada. Mas a virada só acontece com uma posição ativa, com atitude.

Uma indisposição ou até mesmo uma dor é um aviso. É o começo de uma enfermidade. Antes da doença acontecer no plano físico, ela já “vive” nos nossos demais corpos: emocional, mental e astral.

A efetiva cura está dentro de nós, nos pensamentos e na forma como os implementamos.

Pense nisso!

By Saul Brandalise Jr.

Você é o que semeou

Posted in Reflexão with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 02/06/2011 by Joe

Certa vez contei uma mentira a um homem. Ele respondeu-me dizendo isto:

– Todas as decisões que devo tomar serão baseadas nas suas palavras.

Desde então, eu só disse a verdade.

Certa vez reclamei de um presente que recebi, porque não era o que eu queria. Aquela que me presenteou percebeu o desapontamento em meus olhos e disse-me isto:

– Escolhi o presente mais valioso que poderia encontrar, porque achei que você deveria ter um deste.

Desde então, fico muito alegre com cada presente que recebo.

Certa vez um homem contou-me um segredo, o qual eu sussurrei baixinho no ouvido de um outro amigo. O homem disse-me isto, depois de ouvir seu segredo repetido:

– A razão pela qual contei-lhe o segredo foi porque confiei em você, não em seu amigo.

Desde então, não confio assim tão facilmente.

Certa vez dei um presente a uma amiga e ela chorou. Me desculpei por ser um presente tão pequeno, mas era o que eu tinha encontrado. E ela me respondeu:

– Não há nada de errado com o presente, estou emocionada porque você lembrou-se de mim!

Desde então, eu dou presentes frequentemente.

Estava tentando apenas ser eu mesmo, passando despercebido sem chamar atenção. E me foi dito isto:

– O fato de você não se adequar faz com que você fique fora de tudo.

Desde então, eu penso sobre isto:

Penso – existo – penso – somos!

Você é um agente muito importante na existência, não vivemos aqui sozinhos. Cada movimento que faz cria uma onda no oceano do outro. Cada vez que você respira afeta todo o ar em volta de quem você está. Cada palavra que você expressa bate no ouvido de alguém. Aquilo que você toca é sentido por outra pessoa. Aquilo que você faz, certamente afetará alguém. O que não faz, ou deixa de fazer, também afetará pessoas.

Nós nunca sabemos a distância realmente alcançada por algo que falamos ou fazemos até que nos retorne. Todas as coisas na vida formam um círculo e estamos no meio dele, quer o vejamos ou não!

E tudo que devemos fazer é criar agradáveis ondas, aquelas que envolvem calorosamente tudo em torno de você, e que voltam suaves, fazendo, por sua vez, que você crie, cada vez mais, ondas agradáveis.

Aquilo que o homem semear, com certeza também colherá.

Desconheço o autor.

Você é a sua própria cura

Posted in Reflexão with tags , , , , , , , , , , , , , , on 17/09/2009 by Joe

Pensamento e curaSaber pensar faz toda a diferença. Esta ação emite uma energia/freqüência ao cosmos. E a onda funciona como um ímã que vai atrair um sinal semelhante. Sabendo pensar e aplicar corretamente, inicia-se adequadamente o processo de nosso plantio.

Efetivamente, portanto, está ao nosso alcance mudar o ciclo energético de nossas colheitas através do controle que daremos às nossas emoções, administrando-o como e o que pensamos. Na maioria das vezes só nós estamos sentindo alguma coisa e esquecemos que os que estão a nossa volta nada sabem de nosso interior. Portanto:

– Jamais faça uma oração, mantra, reza ou canto sem sentir a profundidade e a emoção do que está fazendo.

– Nunca se sinta culpado por dizer não quando seu coração exigir que assim seja. O contrário é absolutamente verdadeiro. Isso não é egoísmo, é auto-estima!

– Pré-julgar é sentimento fraco e tudo o que se projeta volta. Não quer ser julgado? Pare de julgar.

– Seus medos são frutos exclusivos de sua imaginação. Você os criou. Você os elimina. A agressividade é uma forma de esconder o medo oculto.

– Nunca comece um projeto analisando primeiro as dificuldades. Você vai esquecer das facilidades. Não se constrói o futuro com pessimismo.

– Todo ser humano tem algo de bom. Se ele não demonstra isso é porque já plantou e colheu muitas desavenças, ficou ácido.

– Se suas colheitas não são boas, mude o plantio.

– Viva o presente. Ele não tem este nome por acaso.

– Quem disfarça pessimismo, achando que isso se chama cautela,  já morreu e ainda não descobriu.

– Nunca dê nada sem que te peçam. Quem tem pouco, um dia já pode ter tido muito e não soube usar. Agora tem que aprender com o que tem.

– Não diga: “Não sou o que as pessoas acham que sou”. Errado! Você é exatamente como as pessoas te vêem. Só pensar diferente não resolve, é preciso atitude. Você certamente pensa uma coisa e faz outra.

– Querer ser outra pessoa é o começo da virada. Mas a virada só acontece com uma posição ativa, com atitude.

Uma indisposição ou até mesmo uma dor é um aviso. É o começo de uma enfermidade. Antes da doença acontecer no plano físico, ela já “vive” nos nossos demais corpos: emocional, mental e astral.

A efetiva Cura está dentro de nós, nos pensamentos e na forma como os implementamos.

Pense nisso!

By Saul Brandalise Jr.

%d blogueiros gostam disto: