Arquivo para Almôndegas

Bolinhos de carne

Posted in Receitas with tags , , , , , , , , , , , , , on 04/05/2013 by Joe

Bolinhos de carne 1

Tem pratos cuja lembrança nos remetem à infância ou, para os mais velhos, às visitas à casa da vovó, onde os almoços eram caprichados, fartos e com aqueles aromas que nos faziam querer comer tudo!

E um desses pratos – entre vários outros – eram os famosos bolinhos de carne, fritos na hora e que não duravam nada nos pratos! Era fritar e logo desapareciam!

Como sempre destaco aqui, variações no preparo dos pratos existem aos montes. E com os bolinhos de carne não é diferente. Algumas pessoas refogam a carne antes do preparo final dos bolinhos, outras variam no tempero, acrescentando este ou aquele ingrediente; algumas moldam os bolinhos de outra forma, mais achatados, para uma fritura mais uniforme; e outras, ainda, servem os bolinhos em molho de tomates, como se fossem almôndegas.

Outra variação está na hora de fritar: a receita de hoje usa o fubá na hora de fritar; em outra, passa-se o bolinho em ovo batido e farinha de rosca. Enfim, cada pessoa tem a sua receita, a sua própria alquimia. O importante é que, seja qual for a sua receita, tenho certeza que o resultado final é delicioso!

A receita de hoje é bem simples, fácil e rapidíssima de preparar.

Bolinho de carne

Ingredientes

1/2 quilo de carne moída (patinho ou acém)
4 colheres de farinha de rosca de padaria
1 cebola pequena picada
2 dentes de alho amassados
sal, pimenta e cheiro verde picadinho a gosto

Para empanar e fritar

1 xícara de fubá
óleo de soja

Modo de preparo

Misture bem todos os ingredientes, amassando para que fique uma massa bem homogênea. Em seguida, faça bolinhas do tamanho de uma bola de ping-pong, passe no fubá e frite em óleo bem quente.

Com o auxílio de uma colher, retire da panela e coloque em um prato forrado com papel-toalha. Os bolinhos não ficam encharcados.

Sirva quente como aperitivo ou como acompanhamento.

By Joemir Rosa.

Polpettone

Posted in Receitas with tags , , , , on 13/11/2010 by Joe

Em busca de um pouco de história desse delicioso prato, tive uma surpresa: contam que ele teria sido criado aqui no Brasil, mais especificamente em São Paulo. Porém, se pararmos para pensar um pouco, veremos que almôndegas, bolinhos e hamburgueres poderiam ter quase a mesma origem: sobras de carnes, ingredientes e temperos adaptados de acordo com a região, costumes e disponibnilidade.

Enfim, e para não ser injusto com nenhuma tradição, preferi não focar em nenhuma das histórias que encontrei, pois todas têm um fundo de verdade!

Foquei, sim, numa receita conhecida minha, desse prato saboroso, fácil de preparar e que vai bem em qualquer refeição. Espero que gostem!

Polpettone

Ingredientes

1/2 kg de carne moída
1 cebola ralada
1 ovo inteiro
1 pão francês amanhecido ralado
3 colheres (sopa) de leite
1 batata cozida e espremida
2 colheres (sopa) de salsinha picada
sal a gosto
pimenta do reino a gosto
200 g de queijo mussarela ralado
óleo (para fritar)

Para empanar

2 xícaras (chá) de farinha de trigo
3 colheres (sopa) de leite
3 ovos
3 xícaras (chá) de farinha de rosca

Modo de preparo

Em uma tigela grande, coloque a carne, a cebola, o ovo, o pão ralado e umedecido no leite, a batata e a salsinha. Tempere com sal e pimenta do reino. Misture tudo muito bem até que fique uma massa bem uniforme.

Umdeça as mãos e faça uma bolinha com um pouco da massa, amasse na palma da mão, coloque um pouco da mussarela ralada no meio e cubra com outra porção igual de carne. Feche a lateral com a ponta dos dedos e molde o polpettone nas mãos, até que fique bem moldado.

Bata ligeiramente os ovos com o leite e reserve. Passe o polpettone na farinha de trigo de forma que fique bem distribuída, tire o excesso, e depois na mistura de ovos com leite. Em seguida passe na farinha de rosca, tire o excesso também e reserve.

Prepare todos os polpettones e coloque-os na geladeira por meia hora, mais ou menos, para resfriarem.

Aqueça bem o óleo e frite até dourarem. Prepare um bom molho de tomates e sirva quente! Queijo parmesão ralado na hora de servir é uma boa pedida!

Para quem prefere evitar frituras, o polpettone pode ser assado (neste caso, não empane) ou até mesmo grelhado na churrasqueira.

Um ótimo feriado a todos e … bom apetite!!!

By Joe.

%d blogueiros gostam disto: