Archive for the Informática Category

A arte da inquietação

Posted in Informática with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 23/02/2011 by Joe

Lupicínio Rodrigues, um compositor que não é da nossa geração, mas que todos reconhecem a importância, certa vez disse: “As mulheres que me fizeram bem eu esqueci. Só as que me fizeram mal viraram música”.

Esta declaração comprova o que muita gente já sabe: o sofrimento não é um inimigo, mas um mestre. Ele ajuda a gente a se conhecer melhor, a não repetir os mesmos erros, a amadurecer, principalmente quando o que sentimos é dor de amor. Mesmo quando a dor não é romântica, ainda assim ela tem essa serventia: pode virar quadros, filmes, livros, música. O sofrimento, que sempre queremos tão longe, tem ao menos a qualidade de nos tornar criativos.

O jazz nasceu do sofrimento dos escravos, o rock nasceu da rebeldia, o rap nasceu da necessidade dos negros reivindicarem liberdade, o samba é a alegria que ameniza o drama dos morros, o tropicalismo foi uma forma de protesto. Nenhum desses estilos musicais foram gerados por um mundo sem problemas, por pessoas com seus direitos plenamente atendidos.

A censura, uma pedra no caminho da geração que viveu a ditadura militar de Médici, fez com que muita gente precisasse dar asas à imaginação para driblá-la, como Millôr Fernandes e Paulo Francis, que escreviam em O Pasquim, Glauber Rocha, que inventou o Cinema Novo, e Leila Diniz, que ajudou as mulheres a saírem da casca.

A censura é responsável por versos memoráveis de Chico Buarque e pela irreverência de Os Mutantes.

Foram tantos os caminhos que a cultura brasileira encontrou para sobreviver aos anos de chumbo que Arnaldo Jabor chegou a declarar que a liberdade, de certo modo, acabou com o cinema nacional. É uma frase polêmica, mas compreende-se.

A Guerra Civil na Espanha gerou Guernica, um dos quadros mais espetaculares de Picasso, e a musa inspiradora de Van Gogh foi sua própria angústia.

O existencialismo de Sartre foi parido pela náusea de viver, não pelo êxtase, e a maioria dos poemas escritos no mundo são filhos da dor-de-cotovelo, da ausência do ser amado, de sonhos não atingidos, e não de uma ida espetacular ao supermercado ou de uma festa à beira de uma piscina.

Todos devem buscar uma vida plena de realizações. Mas vale lembrar que as inevitáveis dores do coração, insatisfações políticas, carências sociais e a solidão, nosso eterna companheira, podem ser recicladas em versos, roteiros e passos de dança.

Ninguém é 100% feliz. A percentagem que falta, em vez de ser transformada em rancor, inveja e rugas, será mais bem aproveitada se virar arte.

By Martha Medeiros.

Anúncios

Qual é a música?

Posted in Informática with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 13/02/2011 by Joe

Quantas vezes você tentou lembrar o nome de uma músca, o artista que cantava e só sabia um trechinho dela, mesmo que fosse só a melodia. Frustrante, não?

Mas agora seus problemas acabaram!

Chegou Midomi, um aplicativo que reconhece a música que está sendo cantada, murmurada ou assobiada, e traz os resultados que se encontram em sua base de dados na Internet, com as várias versões gravadas.

O legal do programa é que ele possui um filtro para reconhecer idiomas específicos e uma lista imensa de palavras-chaves. O melhor de tudo é que você não precisa saber cantar afinado. Basta saber um trecho da canção que procura e o aplicativo faz o resto. Mesmo quando você canta muito baixo ou com dicção ruim, ele mostra uma lista com músicas que tenham qualquer palavra identificada.

Claro que nem tudo é perfeito e pode falhar algumas vezes, trazendo resultados um tanto diferentes dos que você está procurando. Portanto, tente cantar, murmurar ou assobiar o mais próximo possível da melodia.

O banco de dados do Midomi só é tão grande porque ele usa conteúdo enviado por usuários do site. A biblioteca do aplicativo desafinou feio quando a tarefa foi encontrar músicas brasileiras. Isso mostra que não tem muita gente do Brasil na comunidade. Portanto, se quiser encontrar muito mais da nossa música brasileira, vale a pena registrar-se no site e gravar suas músicas preferidas.

Acesse www.midomi.com e encontre aquela canção que você queria lembrar, com seu artista preferido! É tudo grátis! E com versão para a língua portuguesa!

No próprio site você encontra mais informações sobre o sistema. Basta clicar em Como funciona? e ler as instruções.

O site ainda apresenta muitas informações sobre novos artistas, videos, fotos, lançamentos e links para adquirir músicas no site da Amazon.

Ah, e o aplicativo tem versão para iPhone e Android também.

Divirtam-se!!!

By Joe.

%d blogueiros gostam disto: