Podemos escolher…

Escolhas

O mundo se move e evolui de acordo com os nossos atos. Todos os dias, o dia todo, temos que tomar decisões, as mais simples e imperceptíveis decisões e acabamos sendo vítimas das suas consequências, sejam elas boas ou ruins, irremediavelmente.

Podemos escolher acordar cedo ou esperar mais um pouco na cama; dar bom dia ou ficar calado; dar um sorriso ou fazer cara feia…

Podemos escolher andar ou ficar parado; tomar um ônibus ou outro; usar aquela roupa especial ou guardá-la para uma oportunidade que talvez nunca surja…

Podemos escolher abraçar alguém num reencontro ou passar batido com um simples movimento da cabeça; ligar para alguém que há muito não vemos ou deixar o tempo passar até que ele mude o número do telefone e se perca de vista…

Passar um e-mail para alguém querido para dizer qualquer coisa ou passar horas na frente de um computador trabalhando loucamente e cansando a vista…

Bom… é preciso escolher aquilo que nos fará bem, se bem que nem tudo que escolhemos é o certo, mas fique bem por ter escolhido simplesmente fazer o que achava correto…

E não se arrependa por ter escolhido errado; arrependa-se, sim, quando nada escolheu.

Escolher é arriscar evoluir e ser feliz; não escolher nada é certificar-se do marasmo da solidão, do fracasso e do “se” (“se tivesse feito isto…”, “se tivesse ido…”,  “se tivesse falado…”, ” se tivesse ouvido…”).

Eu escolhi escrever isto para enviar a vocês e estou ótimo!

Desconheço a autoria.

Anúncios

2 Respostas to “Podemos escolher…”

  1. Caramba!

    Esse texto eu escrevi há alguns anos e ainda circula pela internet!

    (Antes que pensem que eu sou uma fraude, digo com sinceridade que não sou.)

    Fico imensamente agradecido e feliz por ter um dos meus pensamentos e minhas vivicitudes sendo lida e compartilhada por outras pessoas que, de algum modo, pensam como eu. Espero que esse breve texto, possa ajudar a ver o mundo sob um outro ponto de vista.

    Esse texto foi inicialmente publicado em meu extinto perfil do orkut, em 2004, uns dois anos depois de eu te-lo escrito. Posteriormente, encaminhei para o “Primeiro Programa”, que passava na rádio Transamérica antes das resenhas esportivas, às 7h. Logo em seguida, eu conseguia localizá-lo em alguns blogs e páginas independentes.

    Esse é o meu perfil no facebook: https://www.facebook.com/igor.barros.357

    Abraços!

    Curtir

O que achou do post acima? Deixe seus comentários!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: