Tudo começa agora

Tudo começa agora

Que força é essa tão desconhecida? Que poder é esse de transformar uma vida? Que valor é esse que não podemos calcular?

O pensamento é a grande arma que o homem ainda não domina, é a força transformadora que ainda corre solta, ora nos leva a vitória, ora a derrota de nós mesmos.

Qual o médico que pode operar uma gravidez psicológica? Qual o analista que pode alterar um sonho pessoal? Qual o cientista que pode transportar as ondas cerebrais? Quem pode fazer você fazer aquilo que você não quer? Quem pode convencer um drogado à largar o vício? Quem pode dar um motivo alegre para o deprimido sair?

Tudo está dentro de nós! Nossos deuses, nossos anjos e nossos demônios, atraímos a paz e por vezes criamos a guerra. Queremos falar de amor e acabamos odiando, levantamos para trabalhar e enrolamos, admiramos e nos decepcionamos. Tudo muito rápido, instantâneo!

O que falta não é felicidade, nem companhia… O que falta é objetivo, meta. Quando tudo está muito vago, tudo é relativo, tudo é parte, é pouco. Mas, quando determinamos, quando ousamos sonhar, tudo é muito completo, rico, cheio de uma poção mágica, que é o tesão pela vida, a descoberta de nós mesmos.

Por isso, neste dia que o sol pode estar escondido, lembre-se de fazer escolhas, de decidir, de parar um minuto e pensar em você, de desejar mais do que viver na cidade, pense em conquistar a felicidade.

Porque se alguém merece ser feliz… esse alguém é você!

E só depende de você!

By Paulo Roberto Gaefke.

Anúncios

O que achou do post acima? Deixe seus comentários!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: