Liberte-se da gaiola

Por que você escolhe a escravidão, quando a liberdade está disponível? Por que você escolhe a gaiola, quando as portas estão abertas e o céu inteiro pertence a você?

A resposta não é difícil de encontrar. A gaiola tem segurança; ela protege você da chuva, do sol, do vento forte, dos seus inimigos. Ela protege você da vastidão na qual a gente pode se perder. Ela lhe dá um abrigo; ela é seu lar aconchegante. E você não tem nenhuma responsabilidade de se preocupar com sua comida, de se preocupar com a estação das chuvas, de se preocupar se amanhã você será capaz de encontrar alimento ou não.

A liberdade traz tremendas responsabilidades.

A escravidão é uma barganha: você dá a sua liberdade e outra pessoa começa a ser responsável pela sua vida, pela sua proteção, pela sua comida, pelo seu abrigo; por tudo que você precisa.

Tudo o que você perde é a sua liberdade, tudo o que você perde são as suas asas, tudo o que você perde é o céu estrelado. Mas isso era sua alma…

Numa gaiola, a salvo e seguro, você está morto; você escolheu uma vida sem risco, sem perigo. É por isso que você continua voltando para a sua gaiola, embora a profundeza de sua alma esteja insatisfeita na escravidão. Sua alma gostaria de arriscar tudo e de ter a liberdade de ir até os confins do céu. Ela anseia voar através do sol até as estrelas mais distantes, mas você irrevogavelmente decide ser um hipócrita. Isso é o que quase todos, no mundo inteiro, têm decidido.

Você começa a cantar canções de liberdade dentro da sua gaiola. Embora as portas estejam abertas e o céu disponível, você se decide por uma vida de hipocrisia. Você tem todas as comodidades, as garantias e a segurança da gaiola; e você tem todas as alegrias da liberdade na sua canção, na sua poesia, na sua pintura, na sua música. É por isso que você continua gritando: “Liberdade, liberdade!” Você está simplesmente iludindo a si mesmo!

O novo homem não será um hipócrita. O velho homem foi basicamente ensinado a ser um hipócrita; quanto mais hipócrita ele fosse, mais honrado, mais era recompensado, mais era respeitado, porque ele tinha se ajustado à sociedade: você me respeita e eu serei um escravo. Eu estarei à sua disposição – e você apenas continue a me dar prêmios “Nobel”.

Mas você não deve fazer parte desse mundo velho e hipócrita. Eu quero que você saia fora de toda a segurança, de toda a comodidade, toda a proteção. Faça do céu inteiro sua casa; seja um errante, um peregrino, para conhecer todos os mistérios e todos os segredos da vida.

E não deixe sua vida ser um fenômeno sério e miserável; deixe-a ser uma alegre risada, uma brincadeira. Para mim, a autêntica religiosidade significa uma inocência de criança, um divertimento, uma sincera capacidade de rir.

Então, cada momento se torna tão preciso que você não cantará a canção da liberdade … você a viverá! Você não falará sobre a verdade … você a conhecerá! Você não cultuará Deus … você o encontrará onde quer que a vida esteja … em toda a existência!

Osho, do livro “O Novo Homem”, Editora Gente.

Uma resposta to “Liberte-se da gaiola”

  1. Marilda Jorge Says:

    O que será que podemos aprender com a natureza?!?!?! neste caso, com os bonsais?!?!?!…
    Podemos primeiramente refletir sobre a maravilha que é a natureza, esse Presente Divino!!!!!!….
    Refletindo mais, podemos chegar ao pensamento de que, mesmo sendo “podados”, mesmo tendo suas direções determinadas, mesmo sendo retirados alguns galhos e/ou folhas, mesmo tendo seus troncos retorcidos, os pequenos bonsais seguem por anos mostrando a sua força e beleza, ou seja, mesmo o homem direcionando seu crescimento não perde jamais a força vital que recebeu de Deus!!!!!!!!!…………….

    Bom dia!!!! Que seja um belo dia!!!!!
    Um presente para cada um de vocês, seres amigos e queridos desta vida e para o seu ser imortal que, quem sabe nos conhecemos de tantas outras vidas!!!!!!!!!

    Curtir

O que achou do post acima? Deixe seus comentários!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: