Outono (somos seres outonais)

Foi-se embora o espalhafatoso verão!

De dentro do eterno ciclo da natureza retornou o outono, sereno e calmo!

“La belle season” é como batizaram os franceses esta estação que nos descortina as renovadas vestes da divindade presentes na natureza.

Outono é uma parábola de nós mesmos, seres outonais! Suas manhãs são mais poéticas e os seus crepúsculos são mais filosóficos. Aquelas são belas em sua melancolia. Estes são melancólicos em sua beleza. Assim, somos todos nós.

Creio que é no outono que entendemos melhor o ensinamento de Oscar Wilde:

– “ser como crianças, para não esquecermos o valor do vento no rosto, e ser como velhos para que nunca tenhamos pressa”.

Isso é sabedoria. E se nos tornarmos mais sábios, já não precisaremos mais ter medo de envelhecer. Afinal, a vida também é um eterno renascer.

Coisa que só o outono ensina. O resto são folhas mortas.

By Carlos Alberto Rodrigues Alves.

2 Respostas to “Outono (somos seres outonais)”

  1. eu sempre pensei que as quatro estações nos servem de reciclagem como pessoas também. Sempre pensei assim e sempre tentei me reciclar em cada estação. Seja limpando os armários, trocando as roupas que não mais usamos, apenas guardamos, o mesmo tratamento para objetos da casa, terra nova para as plantas, enfim…se pudesse pintaria a casa a cada estação, trocaria as cores junto delas, dá preguiça, mas vou tentar. bjs no seu coração Joe! Boa semana!

    Curtir

  2. Márcia B. Says:

    Lindíssima reflexão! Beijos!

    Curtir

O que achou do post acima? Deixe seus comentários!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: