A um passo da felicidade

Estamos sempre a um passo de alguma coisa. Uma virada de 180 graus na vida. A um passo de conseguir uma promoção, de iniciar uma dieta, de voltar a academia, a um passo de ser melhor como amigo, amante, a um passo de ter um relacionamento mais gratificante.

Num instante, como num passe de mágica, estamos prestes a redirecionar todas as energias negativas e canalizar em algo positivo. Daqui a um minuto tudo pode ser diferente, os piores problemas podem encontrar soluções inesperadas.

Quem acredita em si mesmo com fé, esperança e determinação consegue dar grandes passos em direção à conquista dos seus objetivos. O maior fracasso é não tentar. Quase sempre, quando tudo parece perdido, quando tudo indica o fracasso, neste momento abre-se o caminho.

Definir a felicidade é quase impossível. Sua construção depende da capacidade de absorver a frustração, usufruir os ganhos e aprender com tudo isso. Como vivemos numa sociedade impregnada de um espírito exacerbado de competição e consumismo, muita gente busca a felicidade nas coisas materiais e acaba se frustrando. Porque esquecemos que é possível ser feliz diante de um belo sorriso, com as novas conquistas profissionais de um amigo, por ter um trabalho gratificante, uma família saudável, por poder celebrar todos os dias a própria vida.

É preciso ter sempre em mente que ninguém é feliz o tempo todo e que é inútil a busca incessante da felicidade. O grande paradoxo da felicidade é que geralmente a encontramos quando em determinado momento não estamos à sua procura.

Todos sonham em ser felizes na vida sentimental. Poucos conseguem. “Os sonhos são uma realização de desejos”, diz Freud. Costumamos sonhar demais e esquecemos de nos empenhar no crescimento emocional. Só quem evolui espiritualmente e emocionalmente está apto a construir a felicidade amorosa, porque a vida não nos poupa das dificuldades e das desilusões.

Exigimos demais do outro, damos de menos e nos apegamos a coisas, muitas vezes, insignificantes. O amor pleno é uma possibilidade real quando o relacionamento é pautado na bondade, delicadeza, confiança, no respeito mútuo e na convicção de que um casal só se forma com duas pessoas individualmente felizes, sem que nenhum dos dois tenha que subtrair seu próprio eu.

Estamos a um passo da felicidade quando nos damos conta de que existe uma hora mágica para ser feliz, em que é possível sonhar, fazer planos e ter energia bastante para realizá-los, a despeito de todas dificuldades e obstáculos. Se encantar com a vida, viver apaixonadamente e desfrutar tudo com toda intensidade. Quem sabe faz a hora, não espera acontecer…

By Marlene Heuser.

O que achou do post acima? Deixe seus comentários!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: