Arquivo para 01/08/2009

Lasanha de berinjelas

Posted in Receitas with tags , , on 01/08/2009 by Joe

Lasanha de berinjelasPara começar, um pouco de língua portuguesa como aperitivo: berinjela ou beringela? Qual o correto? Ambas as grafias estão corretas. Basta uma corrida rápida aos dicionários e encontraremos, no dicionário eletrônico Aurélio, berinjela com J, enquanto que no dicionário eletrônico Houaiss encontramos beringela com G. Portanto, ambas as grafias estão corretas!

Nessa linha poderíamos ficar aqui discutindo também se lasanha se escreve com S ou com Z, se mussarela é com dois S, com Ç, ou com ZZ, como na grafia original italiana, além de outras formas. Um rápido resumo: palavras de origem estrangeira acabam se adaptando à língua portuguesa de várias maneiras. Portanto, na dúvida, procure um dicionário e veja quais formas são aceitas. O mais importante é: não deixe de preparar e saborear este prato com medo de errar a grafia! Mas vamos ao que interessa …

A lasanha de berinjelas é muito fácil de preparar, além de ser altamente nutritiva e deliciosa. Uma das vantagens é não levar massa em seu preparo, o que a torna um pouquinho menos calórica.

Como sempre, existem muitas variações em seu preparo: para torná-la ainda mais light podemos usar queijo minas frescal no lugar da mussarela, molho bechamel preparado com leite desnatado no lugar do requeijão, peito de frango ou peru desfiado na preparação do molho para aqueles que não comem carne vermelha e assim por diante. O molho também pode ser daqueles encontrados prontos, em caixinhas. Escolha o da sua marca e sabor preferidos.

A receita abaixo é a que eu mais curto, por ser prática e fácil de preparar e os ingredientes são bem básicos.

Lasanha de berinjelas

Ingredientes

4 berinjelas
300 gramas de mussarela ralada
1 pacote de requeijão (embalagem triangular)
100 gramas de queijo parmesão
Sal a gosto

Molho

3 quilos de tomates maduros
400 gramas de carne moída
3 colheres (sopa) de azeite
2 cebolas médias
4 dentes de alho
sal e pimenta do reino a gosto
1 colher (chá) de açúcar
1/2 copo de água
1 xícara de salsinha ou manjericão

Modo de preparo

Em uma panela panela, aqueça o azeite e frite dois dentes de alho espremidos e uma cebola ralada. Junte a carne e refogue bem em fogo alto até que  a carne comece a escurecer.

Enquanto isso, no liquidificador coloque os tomates inteiros (tirar só o “olho”, onde fica o cabinho), mais dois dentes de alho picados, uma cebola cortada em cubos, sal e pimenta a gosto, o açúcar e 1/2 copo de água para bater. Caso goste, coloque uma ou duas colheres de extrato de tomate, para dar mais sabor ao molho. Bata bem todos os ingredientes até que não haja mais sólidos. Passe por uma peneira, adicione a salsinha (ou manjericão) e bata ligeiramente. Reserve. A quantidade de molho é importante no preparo deste prato para que não fique ressecado após gratinar.

Assim que a carne estiver bem refogada, adicione o molho de tomate batido e vá mexendo até que cozinhe bem engrosse (uns 15 minutos). Acerte o sal, se necessário.

Enquanto isso, lave bem e fatie as berinjelas no sentido do comprimento. Coloque-as em uma panela com água fervente e sal para dar uma ligeira fervida, sem deixar que fiquem muito moles. Pode-se colocar o suco de um limão nessa água para que a berinjela não escureça tanto. Desligue o fogo e escorra a água.

Num refratário, monte a lasanha da seguinte forma: molho, fatias de berinjelas, mussarela ralada, molho, fios de requeijão espalhados pelo molho (corte o bico da embalagem triangular e faça os fios com movimentos ondulados sobre o molho). Repita essa ordem até finalizar com molho, requeijão e polvilhe com queijo parmesão ralado.

Leve ao forno médio (180º) até gratinar. Sirva com salada verde e arroz branco.

Bom apetite!

%d blogueiros gostam disto: